Newton Mesquita expõe no Museu de Arte Brasileira da FAAP

CATEGORIA


DATA


COMPARTILHE



DATA



CATEGORIA


COMPARTILHE

COMPARTILHE

O artista plástico Newton Mesquita abre, no dia 7 de fevereiro, quarta-feira, a partir de 10h, a exposição “Desígnio”, no Museu de Arte Brasileira da FAAP. Com curadoria de Fábio Magalhães, a mostra traz 82 obras que fazem um amplo panorama da trajetória pictórica do artista. No salão de abertura da exposição, haverá um espaço expográfico reproduzindo o atelier do artista, onde o público poderá acompanhar a execução de uma obra inédita, em datas a serem definidas.  

Com mais de 50 anos de carreira, Newton tem uma trajetória singular nas artes plásticas brasileiras. Premiado, já expôs na América Latina, Estados Unidos, Europa e Japão. A atual exposição é a sua 56ª individual, com uma trajetória que começou a ter reconhecimento entre as décadas de 1960-1970. “A sua arte tem um caráter de figuração de matriz fotográfica e incorpora elementos da abstração”, afirma o curador Fábio Magalhães. “É um artista urbano, que retrata cenas banais da cidade, fazendo um realismo do cotidiano”. E afirma: “é um dos poucos artistas que trabalham muito bem a penumbra, o entardecer, a luz que filtra entre as sombras. Ele é um artista da luz”.  

Segundo Fernanda Celidonio, diretora administrativa do MAB FAAP: “Newton pinta com paixão, intuição e descontração. Não sinto tensão ou angústia diante das telas, mas vontade de entrar nelas e poder fazer parte daquele momento roubado do tempo”. E arremata: “na verdade o que guia Newton é a luz. As cenas só existem para que ele possa expressar a luz que vê. A luz e suas sombras, igualmente importantes em sua obra”. 

Ibirapuera, AST, 120x240cm, 2023

A fotografia e a cidade de São Paulo como influências de sua obra 

Entre as obras mais recentes apresentadas na exposição, estão algumas pinturas feitas em 2023, como É de manhã, Ibirapuera, Noite no Ibirapuera, Onírico, Praça da Sé, Pipoqueiro no Parquinho e Santa Ifigênia. A cidade de São Paulo é uma das suas maiores inspirações. Uma das suas maiores influências vem de seu pai, um fotógrafo amador que tinha um laboratório em casa. “As minhas lembranças se confundem com as fotos do meu pai”, conta o artista.  

É na referência fotográfica e nas suas andanças pela cidade, sobretudo pelo centro, que a sua obra se desenvolve. “Com 14 anos eu era office boy no centro de São Paulo e andava muito ali pela São Bento, rua Direita, Santa Ifigênia, Barão de Itapetininga, 15 de novembro, onde ficavam os bancos”. Nessa mesma época, em 1965, recebeu a primeira encomenda que resultou numa série de quadros para um restaurante chamado La Boheme, no Brás, antigo bairro onde grande parte da colônia italiana aportou, e onde a família do artista morou. Ele também estudou piano e chegou a ter grupos de música profissional como um trio de bossa nova. Estudou arquitetura na Universidade Braz Cubas, de Mogi das Cruzes, e frequentava o atelier de Aldemir Martins, uma de suas referências brasileiras. Foi também muito próximo de outros artistas como Carlos Scliar, Tikashi Fukushima, Manabu Mabe e Darcy Penteado. 

“Newton Mesquita é um cronista da vida urbana, do seu cotidiano nos grandes espaços abertos e, também da intimidade, dos espaços protegidos. Seu olhar (olhar de fora) é capaz de penetrar na essência dos ambientes e de seus personagens como um voyeur anônimo – aquele que vê! Isto é, aquele que participa pelo que vê. Não obstante, sua pintura expressa um olhar que perscruta, que procura conhecer e adentrar no sentido das coisas e das pessoas. As cenas de praças, ruas e fachadas e de seus personagens, quase sempre solitários, sugerem aparente simplicidade, no entanto, o artista incorpora elementos plásticos que nos conduz a abordagens intensas e complexas”, arremata Fábio Magalhães. 

Mini bio Newton Mesquita 

Nascido em São Paulo em 1949, o artista se formou em arquitetura em 1977, participa de mostras coletivas e salões oficiais desde 1972. Possui obras em importantes coleções no Brasil e no exterior e nos Museus: MASP Museu de Arte de São Paulo-SP; MAB Museu de Arte Brasileira – São Paulo; MAC Museu de Arte Contemporânea de Londrina – PR; Pinacoteca do Estado de São Paulo; MAM Museu de Arte Moderna – São Paulo; Museu Afro – São Paulo; Museu Salvador Allende – Santiago – Chile; Galeria Degli Ufizze- Florença – Italia. Realizou 56 exposições individuais de pintura, desenho, aquarela, gravura, fotografia, objeto e escultura. 

Sobre o MAB FAAP 

Desde que abriu suas portas pela primeira vez em 10 de agosto de 1961, com a mostra “Barroco no Brasil”, o Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) se comprometeu a incentivar e divulgar a arte brasileira. Além de seu acervo próprio que conta com mais de 3 mil obras de arte a partir do final do século 19, no decorrer dos últimos anos, abrigou exposições marcantes para a história da cultura do País, como a exposição “Toyota – O Ritmo do Espaço” premiada pela APCA em 2018. Em 2016, foi criada a Coleção Moda-MAB que reúne vestimentas, bonecas e acessórios de estilistas contemporâneos brasileiros, fortalecendo o vínculo entre o museu e a moda, que desde 1989 esteve presente por meio de desfiles e exposições vinculadas ao tema. Cabe destacar que além da pesquisa e organização de exposições de temas pertinentes às artes visuais brasileiras, o MAB incorporou a apresentação de mostras de arte internacional com temáticas de interesse geral que trazem experiências significativas ao público e ampliam a compreensão do fazer artístico e cultural. 

Abertura da exposição Desígnio, de Newton Mesquita 
Dia 6 de fevereiro, terça-feira, 19h (para convidados) 
Curadoria: Fábio Magalhães 
Período expositivo: 07 de fevereiro a 31 de março 

MAB FAAP  

Endereço: Rua Alagoas, 903 – Higienópolis 
Horário de funcionamento: todos os dias, exceto às terças-feiras (fechado, mesmo aos feriados). Funcionamento das 10h às 18h, com última entrada às 17h30 
Entrada gratuita 
Patrocínio: Vision One, Itaú e Biolab 

 

MAB FAAP

Conheça

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP


MAB FAAP

O artista Newton Mesquita recebe o público no MAB FAAP

Os visitantes da exposição ‘Desígnio’ poderão acompanhar a execução de uma obra inédita do artista Newton Mesquita. Na sala da exposição, há um espaço expográfico reproduzindo o ateliê do artista, onde o público poderá acompanhar a execução de uma obra inédita. Confira as datas: 24/02 28/02 02/03 06/03 09/03 13/03 Sempre às 15h. O MAB FAAP funciona de quarta a segunda-feira, das 10h às 18h (última entrada às 17h30), inclusive feriados. Fechado às terças-feiras. A entrada é gratuita! Saiba mais sobre a exposição: Explore as obras de Newton Mesquita na exposição ‘Desígnio’ em exibição no MAB FAAP. Celebrando sua 56ª exposição individual, o artista proporciona, nas mais de 80 pinturas, uma imersão nas obras que retratam sua vida na cidade de São Paulo. Com uma carreira artística que ultrapassa cinco décadas, Newton Mesquita, figura ímpar nas artes plásticas brasileiras, o artista ganhou reconhecimento nas décadas de 1960-1970, consolidando-se como um dos nomes mais destacados no cenário artístico nacional. Com exposições realizadas na América Latina, Estados Unidos, Europa e Japão, o artista premiado destaca-se pela habilidade singular de dialogar entre luz e sombra em suas obras. A exposição “Desígnio” reflete uma técnica desenvolvida ao longo dos anos por Newton Mesquita. Com mais perguntas do que respostas, suas mais de 80 pinturas provocam os espectadores, levando-os a questionar se estão diante de fotografias ou pinturas. O resultado é uma simbiose visual que cativa, um jogo de luz e sombra que transcende os limites da tela. Ao explorar as nuances da cidade que o acolhe, Newton Mesquita apresenta um retrato íntimo de São Paulo. Suas obras revelam a cidade não apenas como um cenário, mas como uma entidade viva, pulsante e repleta de histórias. O curador da exposição, Fábio Magalhães, destaca a profundidade com que Mesquita desvenda os segredos urbanos: “Newton é um cronista da cidade, revelando camadas profundas que muitas vezes passam despercebidas”. O próprio Newton Mesquita expressa a essência de sua exposição ao afirmar: “A ideia dessa exposição foi basicamente dada pelo Fábio Magalhães, para ser um abraço para quem entra”. A mostra “Desígnio” é um convite para mergulhar nas reflexões do artista sobre a cidade, capturando a essência de São Paulo sob a perspectiva única de Newton Mesquita.   “Desígnio” de Newton Mesquita De 07 de fevereiro a 31 de março MAB FAAP – Rua Alagoas 903 – Higienópolis, São Paulo Entrada gratuita

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter