MAB FAAP promove o “Conversas no MAB” virtual com a participação do artista Rodolpho Parigi e do coordenador dos cursos de Artes Visuais da FAAP Marcos Moraes


DATA


COMPARTILHE


Em sua quinta edição no formato virtual, o programa de encontros com artistas, curadores e pesquisadores do Museu de Arte Brasileira da FAAP – Conversas no MAB – recebe no dia 26 de outubro, das 17h às 18h, o artista Rodolpho Parigi e o coordenador dos cursos de Artes Visuais da FAAP Marcos Moraes para um bate-papo com o público.

O evento contará com mediação de Vanessa Ferreira, socióloga e produtora do Museu de Arte Brasileira (MAB FAAP).

Confira o bate-papo no dia e no horário do evento: https://www.youtube.com/watch?v=oIZBAeNqs98

Rodolpho Parigi- Bacharel em Artes Visuais pela FAAP, o artista vive e trabalha em São Paulo. Seu trabalho acontece a partir do conflito entre realidade e ficção. Partindo de desenhos, pinturas e performances, explora um universo imagético de ficções autoimaginadas, habitado por figuras híbridas ou andróginas. Em sua obra, corpos são fundidos e remodelados para transformar a superfície da tela ou do papel, onde contenções e expansões são negociadas dentro do limite físico do suporte. As referências são do mundo da arte, da cultura popular ou clássica, em uma mesma superfície, para tentar alcançar uma sensação de prazer e confusão temporal.

Prof. Dr. Marcos Moraes -Doutor pela FAUUSP na área de Projeto, Espaço e Cultura, tem especialização em Arte – Educação – Museu e é formado em Direito e Artes Cênicas pela mesma universidade. Tem especialização em Museologia pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo e Administração da Cultura pela FGV/SP. Curador independente. Coordenador dos cursos de Artes Visuais da FAAP, nos quais também leciona, bem como na especialização em História da Arte e no MBA de Gestão do Luxo. Coordena, na mesma Instituição, a Residência Artística da FAAP, o Programa de residência artística da FAAP na Cité des Arts, em Paris, bem como as mostras Anuais de Arte da Fundação.

Conversas no MAB com Rodolpho Parigi e Prof. Marcos Moraes

DATA: dia 26 de outubro (segunda-feira)

HORÁRIO: das 17h às 18h


COMPARTILHE

COMPARTILHE

Em sua quinta edição no formato virtual, o programa de encontros com artistas, curadores e pesquisadores do Museu de Arte Brasileira da FAAP – Conversas no MAB – recebe no dia 26 de outubro, das 17h às 18h, o artista Rodolpho Parigi e o coordenador dos cursos de Artes Visuais da FAAP Marcos Moraes para um bate-papo com o público.

O evento contará com mediação de Vanessa Ferreira, socióloga e produtora do Museu de Arte Brasileira (MAB FAAP).

Confira o bate-papo no dia e no horário do evento: https://www.youtube.com/watch?v=oIZBAeNqs98

Rodolpho Parigi- Bacharel em Artes Visuais pela FAAP, o artista vive e trabalha em São Paulo. Seu trabalho acontece a partir do conflito entre realidade e ficção. Partindo de desenhos, pinturas e performances, explora um universo imagético de ficções autoimaginadas, habitado por figuras híbridas ou andróginas. Em sua obra, corpos são fundidos e remodelados para transformar a superfície da tela ou do papel, onde contenções e expansões são negociadas dentro do limite físico do suporte. As referências são do mundo da arte, da cultura popular ou clássica, em uma mesma superfície, para tentar alcançar uma sensação de prazer e confusão temporal.

Prof. Dr. Marcos Moraes -Doutor pela FAUUSP na área de Projeto, Espaço e Cultura, tem especialização em Arte – Educação – Museu e é formado em Direito e Artes Cênicas pela mesma universidade. Tem especialização em Museologia pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo e Administração da Cultura pela FGV/SP. Curador independente. Coordenador dos cursos de Artes Visuais da FAAP, nos quais também leciona, bem como na especialização em História da Arte e no MBA de Gestão do Luxo. Coordena, na mesma Instituição, a Residência Artística da FAAP, o Programa de residência artística da FAAP na Cité des Arts, em Paris, bem como as mostras Anuais de Arte da Fundação.

Conversas no MAB com Rodolpho Parigi e Prof. Marcos Moraes

DATA: dia 26 de outubro (segunda-feira)

HORÁRIO: das 17h às 18h


DATA


MAB FAAP

Conheça

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

MAB FAAP

MAB FAAP inaugura exposição “Reverberações Surrealistas” com 137 obras de 87 artistas

O Museu de Arte Brasileira da FAAP (MAB FAAP) abrirá suas portas para a exposição Reverberações Surrealistas no dia 25 de junho, terça-feira, até 29 de setembro de 2024. A mostra, inspirada no movimento surrealista, será realizada na sala Annie Alvares Penteado e apresentará 137 obras de 87 artistas, todos com influência do surrealismo. As obras dialogam com a exposição Desafio Salvador Dalí, em cartaz também no MAB. A curadoria é de Laura Rodríguez, graduada e pós-graduada pela FAAP. Trabalha com o MAB desde 2004, e assumiu a Coordenadora de Curadoria e Acervo do museu em 2018. “O MAB FAAP decidiu esse ano homenagear os 100 anos do Manifesto Surrealista. Além de sediar no Brasil o Desafio Salvador Dali, uma mostra abrangente sobre a obra do artista espanhol, apresenta agora uma seleção de obras do seu acervo, que denotam uma influência ou afinidade com esse movimento vasto e importante da história da arte mundial”, afirma a curadora. Núcleos Expositivos: Surrealismo entre os Modernistas: Apresenta obras que incorporam características do movimento surrealista, com alguns artistas que estiveram na Europa entre os anos 1920 e 1940, trazendo os ideais do movimento ao Brasil. Realismo Mágico: Neste núcleo serão exibidas pinturas alemãs com características surrealistas. Com obras dos artistas Walter Lewy, Hein Heckroth e Heinz Kühn, além de artistas que participaram do Realismo Mágico no Brasil, como Wesley Duke Lee. Grupo Phases: Movimento francês dos anos 1950 que chegou ao Brasil na década seguinte. O grupo defendia a expressão livre e gestos espontâneos associados aos imaginários mágico e folclórico. Além disso, destacavam a produção de crianças, pessoas com doenças mentais, povos não ocidentais e artistas populares. Entre os artistas deste núcleo, estão Fernando Odriozola, Flávio Shiró, Bernardo Cid, Wesley Duke Lee e Bin Kondo. Paisagens Metafísicas: Obras que remetem à vertente desenvolvida pelos italianos Giorgio de Chirico e Carlo Carrà na década de 1910. Inclui obras de Cecília Suzuki, Flavio Bassani, Isabel Pons, Eduardo Iglesias, Luiz Paulo Baravelli, Lula Cardoso Ayres e Sergio Vaz de Almeida Christovão. Sonhos e Fabulações: Núcleo que explora o mundo onírico incorporado pelo surrealismo. Obras de Marcello Grassmann, Roberto Magalhães e Guilherme de Faria são destaques. Fotografia Surreal: Fotografias com efeitos fantasiosos e elementos do surrealismo. Artistas como Amanda Mei, Klaus Mitteldorf e Mario Cravo Neto estão presentes. Cartazes de Cinema Surrealista: Apresenta cartazes de filmes da coleção da Filmoteca FAAP, incluindo títulos como “Medo e Delírio” de Terry Gilliam, “O Homem Elefante” de David Lynch, “A Forma da Água” de Guillermo del Toro, “Terras” de Maya Da-Rin, entre muitos outros. Ficções Contemporâneas: Obras contemporâneas que dialogam com a fantasia e a invenção fabulosa. Entre os artistas, estão Guilherme de Faria, Genietta Varsi, e Guerreiro do Divino Amor, artista suíço-brasileiro. Alguns artistas presentes estiveram na Residência Artística FAAP – São Paulo. Serviço Visitação: de 25 de junho, terça-feira, a 29 de setembro de 2024 Sala Annie Alvares Penteado MAB FAAP Endereço: Rua Alagoas, 903 – Higienópolis Horário de funcionamento: De terça-feira a domingo, das 9h às 20h (acesso até 19h30) Fechado às segundas-feiras, inclusive quando feriado Entrada


MAB FAAP

MAB FAAP recebe convidados para abertura da exposição de Salvador Dalí 

O Museu de Arte Brasileira (MAB FAAP) inaugurou a exposição intitulada “Desafio Salvador Dalí – Uma exposição surreal na FAAP”, recebendo convidados especiais. Entre eles, estavam personalidades das artes, da cultura, da comunicação, do poder público, empresários e amantes das artes.   Com uma salva de palmas, as portas da exposição foram abertas por dona Celita Procopio de Carvalho (Presidente do Conselho de Curadores da FAAP) e pelo Dr. Antonio Bias Bueno Guillon (Diretor-Presidente da FAAP), que fizeram as honras da noite ao lado da Sra. Pilar Guillon Liotti (membro voluntária do Conselho do MAB FAAP). Com orgulho, a conselheira disse que “é uma grande honra pra FAAP receber essa exposição incrível do surrealista Salvador Dalí, que marca os 100 anos do Surrealismo.”  Ilustres como a Secretária da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Marilia Marton, o Cônsul da Espanha, Dom Pablo Montesino-Espartero, o conde Chiquinho Scarpa, o ator global Leopoldo Pacheco, a jornalista Joyce Pascowitch, o estilista Eduardo Toldi, e a modelo Cássia Ávila, foram algumas das personalidades que circularam pelos salões do prédio principal.   Os convidados tiveram o privilégio de contemplar mais de 100 peças expositivas inéditas no país.   Paulo Bonfá, CEO da Conteúdo Criativo e organizador da exposição, junto com Roberto Souza Leão, CEO do Instituto Totex, expressou sua satisfação ao receber o público, destacando a excelência do evento. “É totalmente excelente, enfim, receber o público na exposição. Em formato inovador, reproduzindo a mesma cor, a mesma textura, são três toneladas de telas vindas da Espanha – junto com a tecnologia, com multitalentos do cinema, da publicidade, da literatura, joias desenhadas pelo artista e também a possibilidade de levar um pouco da exposição para casa”.   Obras emblemáticas como “A Persistência da Memória” (1931), “O Cristo de São João da Cruz” (1951) e “Construção Suave com Damascos Cozidos” (1936) adornam os painéis gigantes, constituindo elementos fundamentais da mostra. Além da reprodução das pinturas e esculturas, os participantes apreciaram uma reprodução do ateliê onde Dalí trabalhava em outros campos diversos como ourivesaria, cinema e publicidade.   Espalhando-se por mais de 1,2 mil metros quadrados, o MAB FAAP emprega tecnologia de ponta para proporcionar aos visitantes um mergulho na vasta obra do artista, que se estendeu por seis décadas de atividade. O museu convida o público a se encantar com o mundo surreal de um dos artistas mais enigmáticos do século XX, com a abertura ao público agendada para esta quarta-feira, 1º de maio.  Desafio Salvador Dalí: uma exposição surreal na FAAP  Quando: a partir de 1º de maio de 2024Horários: de terça a domingo das 10h às 21h (última entrada às 20h) Onde: Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado – MAB FAAB (Rua Alagoas, 903 – Higienópolis – São Paulo) Público: livre para todas as idades Acessibilidade: local acessível para pessoas em cadeira de rodas  Ingressos:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter