Business and International Affairs

COMPARTILHE

Helio Bertachini apresenta palestra ‘Bancos Multilaterais e a carreira do Internacionalista’ 

Nessa última terça-feira, 11, os alunos do BIA participaram da palestra “Bancos Multilaterais e a carreira do Internacionalista” com o mestre em Relações Internacionais e Economia pela UC San Diego School of Global Policy and Strategy, Helio Bertachini, responsável atualmente pelo setor de monitoramento e avaliação de projetos no African Development Bank Group.   “Muitas vezes, é através de eventos como esse que vocês mantêm um objetivo profissional ou o eliminam. Então essa versatilidade é muito boa, bem como trazer profissionais da área para falar a respeito do assunto”, reforça a mediadora Vanessa Braga, professora de Relações Internacionais da FAAP. Bertachini é ex-aluno da FAAP, bacharel em RI e mora atualmente em Joanesburgo, África do Sul. O internacionalista compartilhou com os alunos a sua trajetória profissional no exterior, os desafios, e as oportunidades dentro do setor de bancos públicos internacionais.   O que são os Bancos Multilaterais de Desenvolvimento?   Os Bancos Multilaterais são instituições financeiras públicas que surgiram na década de 1940 com objetivo de reestruturar os países no período pós-guerras mundiais. “Eles basicamente têm a mesma função, falam sobre as mesmas coisas. Como a redução da pobreza, prosperidade compartilhada, desenvolvimento econômico, crescimento sustentável e socioambiental. Basicamente eles trabalham com os mesmos objetivos”, explica Helio.   Os Bancos de Desenvolvimento são divididos em 3 campos de ação. O primeiro está vinculado aos setores reais, tais como infraestrutura, agricultura e educação. O segundo é referente às políticas públicas, uma vez que emprestam dinheiro para que algumas reformas econômicas aconteçam nos países.   Helio ainda complementa: “e tem toda uma parte de pesquisa e produção de conhecimento. Se você entrar no Banco Mundial tem todo um setor de economia aplicada. Tem todo um setor que faz estudos sobre quais políticas públicas fazem mais efeito, muita avaliação de impacto. Tem todo um trabalho sobre tentar investigar qual o real impacto do banco e dos projetos que a gente faz nos países em desenvolvimento”.  As possíveis carreiras  Partindo do alinhamento sobre o que é o Banco Multilateral e quais são as suas frentes de ação, Bertachini destacou a importância do networking, da viagem ao exterior e ainda explicou aos alunos sobre as possíveis carreiras desse setor, como funciona o preparo para as vagas disponíveis no mercado, quais os salários de cada cargo, assim como elucidou como funcionam as equipes de projetos.   São muitas as possibilidades e, entre elas, destacou as equipes responsáveis pela área jurídica, áreas de risco, os especialistas em questões socioambientais, aquisições, front office e country office, economistas, entre outros.     Para qualquer dúvida ou interesse sobre a carreira, os prós e contras, desafios e oportunidades, deixou o seu contato disponível:


Business and International Affairs na FAAP

Inscreva-se

As últimas notícias do que ACONTECE NA FAAP

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP


Na FAAP

Curso de Relações Internacionais da FAAP fica no top 5 de instituições privadas do Brasil segundo Ruf-Folha 2023

O curso de Relações Internacionais do Centro Universitário FAAP, ocupa a 5ª posição entre as universidades particulares no Brasil, no ranking universitário da Folha. O ranking abrange a avaliação de mais de 2.200 instituições de ensino, incluindo universidades, centros universitários e faculdades. A metodologia atual, desenvolvida em 2012, avalia as universidades com base em cinco indicadores: pesquisa científica, internacionalização, inovação, qualidade do ensino e avaliação do mercado de trabalho. Sobre o curso: O curso de Relações Internacionais na FAAP integra o programa Business and International Affairs, que permite que o aluno obtenha três diplomas nas áreas de Economia, Administração e Relações Internacionais, em seis anos de estudo, personalizando sua formação de acordo com seus interesses e aspirações profissionais. Uma novidade no cenário educacional, o BIA tem o objetivo de formar profissionais com olhar internacional e amplo repertório político, econômico e cultural, além de fortalecer conhecimentos nos campos da estratégia, lógica, negociação e comunicação, preparando os alunos para se destacarem em um mercado de trabalho cada vez mais complexo e competitivo. Com uma ênfase em habilidades práticas, resolução de problemas e compreensão dos mercados globais, os estudantes passarão por imersões e missões ao longo de sua jornada acadêmica, terão acesso a laboratórios e parcerias para práticas especializadas e participarão de projetos e iniciativas de internacionalização. Saiba mais sobre o curso


Business and International Affairs

Alunos do programa Business and International Affairs da FAAP visitam a Mauricio de Sousa Produções

No último dia 6 de outubro, os alunos do programa Business and International Affairs da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) tiveram a oportunidade de mergulhar no universo das histórias em quadrinhos durante uma visita à Mauricio de Sousa Produções. A visita proporcionou aos alunos uma visão dos bastidores da empresa de Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica e um dos maiores nomes dos quadrinhos no Brasil. Os estudantes foram recebidos com entusiasmo e mergulharam na história e evolução da empresa. A jornada começou com a narrativa sobre a vida de Mauricio de Sousa, incluindo seu primeiro trabalho como repórter investigativo na Folha de São Paulo e a criação de seu primeiro personagem das histórias em quadrinhos, o adorável Bidu. Os alunos também puderam conhecer detalhes sobre a primeira revistinha publicada, o processo de criação dos filmes e a estreia da tirinha da turma em jornal. No tour pelos estúdios, os alunos puderam vivenciar todas as etapas de criação das histórias, desde o roteiro, desenho e coloração até a finalização e revisão dos gibis. Além disso, tiveram a oportunidade de explorar as áreas que dão suporte a todo o processo de comercialização e veiculação das produções, incluindo logística, comunicação, comercial e eventos. O professor Victor Grinberg, que acompanhou os alunos durante a visita, destacou a importância da experiência: “Essa é uma visita muito importante porque, para além de trazer os alunos para o mundo que todos conhecem desde a infância, eles tiveram um olhar único sobre um modelo de negócios que parte das histórias, mas se estende a diversos meios de entretenimento e produtos.” A visita culminou com uma palestra ministrada por Rodrigo de Medeiros Paiva, Diretor de Licenciamento da Mauricio de Sousa Produções. Ele compartilhou insights sobre os milhares de produtos licenciados da Turma da Mônica e as ações comemorativas em celebração aos 60 anos da personagem. Rodrigo também é Presidente do Conselho da Associação Brasileira de Licenciamento (ABRAL), e destacou a importância da formação que os alunos da FAAP recebem: “Os alunos da FAAP puderam conhecer todo o nosso processo produtivo, desde a criação de quadrinhos até o licenciamento de marcas. Os cursos da FAAP estão formando profissionais para trabalhar nessa importante indústria.” A FAAP oferece um programa interdisciplinar em seus cursos de Graduação, proporcionando aos alunos experiências diversas e opções de formação múltipla. O professor Victor Grinberg ressaltou: “Para esses alunos, essa abordagem interdisciplinar permite traduzir alguns dosconhecimentos que trabalhamos em sala de aula, desde a criação de histórias até o licenciamento de marcas.” A visita à Mauricio de Sousa Produções é uma das atividades que a FAAP oferece com o objetivo de enriquecer a formação de seus alunos, proporcionando-lhes experiências inspiradoras que vão além da sala de aula. Foto 1: Mauricio de Sousa inicia sua carreira como repórter investigativo da Folha de São Paulo. Anos mais tarde, publica sua primeira tirinha no jornal. Foto 2: Processo de criação dos filmes. Cada segundo do filme representa um dia de trabalho. Foto 3: Criação dos roteiros das histórias do gibi. A própria Marina Sousa, filha do Mauricio de Sousa, aprova os roteiros e só então entram no processo de desenho. Foto 4: Os alunos e professores da FAAP no escritório da Mauricio de Sousa Produções. Foto 5: A evolução da personagem Mônica ao longo dos anos. Foto 6: Visão do escritório da Mauricio de Sousa Produções em São Paulo. Foto 7: Os alunos da FAAP finalizam a visita aos estúdios da Mauricio de Sousa

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter