Ministério da Educação (MEC) concede nota máxima ao curso de Artes Visuais da FAAP

CATEGORIA


DATA


COMPARTILHE


O curso de bacharelado em Artes Visuais da FAAP recebeu, novamente, nota máxima (5), configurando-o como excelente, segundo os critérios do Ministério da Educação (MEC), que avalia a qualidade e a excelência das instituições de ensino. Entre eles, foram analisados o projeto pedagógico, o corpo docente e a infraestrutura.

Criado na década de 1960, o curso é referência para a formação de artistas e profissionais do segmento, sendo considerado um dos mais tradicionais do País, ao mesmo tempo em que é um dos mais experimentais e avançados da área de Artes Visuais.

O aluno pode também ampliar sua formação, com uma perspectiva múltipla, cursando, sem custos extras, disciplinas de outros cursos de graduação da FAAP. Os estudantes contam ainda com a possibilidade de participar do Programa de residência artística da FAAP na Cité des Arts, em Paris.

Sua estrutura curricular facilita o contato com artistas de diversas nacionalidades e procedências, que participam de uma das mais importantes residências artísticas do Brasil, a Residência Artística FAAP. Isso inclui a presença, no curso, de artistas que participam das edições da Bienal de São Paulo. Dentre as estratégias de ampliação das ações de inserção dos alunos no sistema da Arte, coordena a organização da Anual de Arte, uma exposição que reúne os melhores trabalhos dos alunos, possibilitando ao público um primeiro contato com futuros artistas que se preparam para a vida profissional e, ainda, estimulando uma reflexão sobre a arte contemporânea.

Dentre as muitas ações de internacionalização, estão os convênios com diversas universidades no exterior, destacando-se a University of the Arts London (Inglaterra), University of Applied Arts Vienna (Áustria) e a ENSBA – École Nationale Supérieure des Beaux-Arts (França).


COMPARTILHE

COMPARTILHE

O curso de bacharelado em Artes Visuais da FAAP recebeu, novamente, nota máxima (5), configurando-o como excelente, segundo os critérios do Ministério da Educação (MEC), que avalia a qualidade e a excelência das instituições de ensino. Entre eles, foram analisados o projeto pedagógico, o corpo docente e a infraestrutura.

Criado na década de 1960, o curso é referência para a formação de artistas e profissionais do segmento, sendo considerado um dos mais tradicionais do País, ao mesmo tempo em que é um dos mais experimentais e avançados da área de Artes Visuais.

O aluno pode também ampliar sua formação, com uma perspectiva múltipla, cursando, sem custos extras, disciplinas de outros cursos de graduação da FAAP. Os estudantes contam ainda com a possibilidade de participar do Programa de residência artística da FAAP na Cité des Arts, em Paris.

Sua estrutura curricular facilita o contato com artistas de diversas nacionalidades e procedências, que participam de uma das mais importantes residências artísticas do Brasil, a Residência Artística FAAP. Isso inclui a presença, no curso, de artistas que participam das edições da Bienal de São Paulo. Dentre as estratégias de ampliação das ações de inserção dos alunos no sistema da Arte, coordena a organização da Anual de Arte, uma exposição que reúne os melhores trabalhos dos alunos, possibilitando ao público um primeiro contato com futuros artistas que se preparam para a vida profissional e, ainda, estimulando uma reflexão sobre a arte contemporânea.

Dentre as muitas ações de internacionalização, estão os convênios com diversas universidades no exterior, destacando-se a University of the Arts London (Inglaterra), University of Applied Arts Vienna (Áustria) e a ENSBA – École Nationale Supérieure des Beaux-Arts (França).


DATA



CATEGORIA

Artes Visuais na FAAP

Inscreva-se

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter