FAAP recebeu o diplomata Filipe Nasser


DATA


COMPARTILHE



DATA



COMPARTILHE

COMPARTILHE

A FAAP recebeu em 07/08, o diplomata e assessor especial do ministro de Relações Exteriores, Filipe Nasser, que conversou com os alunos sobre “A carreira diplomática e os desafios para a reconstrução da política externa brasileira”. 


Em conversa com os alunos, mediada pela coordenadora do curso de Relações Internacionais, Fernanda Magnotta, Nasser falou sobre a renúncia e o abandono dos princípios históricos da diplomacia brasileira nos últimos anos. De acordo com ele, houve um isolamento e um recolhimento autoimposto do Brasil no sistema internacional, principalmente com relação aos organismos multilaterais. “O Brasil se retraiu e perdeu voz com relação a essas entidades principalmente nas relações políticas. O presidente Lula volta com a missão de reconstruir essas relações e retornar a manutenção dos canais diplomáticos que foram abandonados, com o compromisso de reconquistar nosso lugar”. 

Quando perguntado sobre preservação do meio ambiente e combate às mudanças climáticas, frisou que o Brasil é peça importante nesse tabuleiro. Também respondeu perguntas sobre os desafios do novo governo em relação à política externa, sobre o estigma do novo governo ser antiamericanista, sobre o futuro do acordo Mercosul-União Europeia e sobre os BRICS. 

Filipe Nasser é conselheiro da carreira diplomática, já foi Chefe da Divisão do Mar, da Antártida e do Espaço (DMAE) do Itamaraty e assessor na Secretaria de Planejamento Diplomático (SPD). Serviu nas Embaixadas do Brasil em Washington, nos Estados Unidos, e em São Domingos, na República Dominicana, além de ter participado na Missão Permanente do Brasil junto às Nações Unidas, em Nova York. É um dos fundadores e foi o primeiro Editor-Chefe da revista Juca, do Instituto Rio Branco.   

Cursos Livres e Idiomas FAAP 2024

Confira a lista de cursos

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Relações Internacionais

Fernanda Magnotta compõe o grupo Global Fellows do Wilson Center.

A professora Fernanda Magnotta, coordenadora do curso de Relações Internacionais da FAAP e liderança à frente do BIA, o novo programa na área de negócios da instituição, acaba de ser convidada para compor o seleto grupo de “Global Fellows” do Wilson Center, de Washinton, DC. Trata-se de um dos mais poderosos think tanks do mundo e dos maiores dos Estados Unidos. Esse gesto reconhece a Profa. Magnotta como uma liderança intelectual no Brasil e a inclui como parte de uma das redes de relacionamento mais prestigiadas do planeta. Fernanda é prata da casa. Graduou-se na FAAP, em 2009, tornou-se parte do corpo docente ainda como “jovem professora”, em 2010, e ocupa a coordenação do curso de Relações Internacionais desde 2013. Ao todo, já são 14 anos de docência e dedicação a inúmeros projetos. Fernanda tem mestrado e doutorado na área, é especialista em política dos EUA, com foco nas relações entre EUA-China-América Latina. Seu trabalho inclui publicações acadêmicas e artigos de opinião especializados com circulação em diferentes idiomas. Já foi consultora da Comissão de Relações Internacionais da OAB, em São Paulo, e atualmente é Senior Fellow do CEBRI, do Rio de Janeiro. Além disso, contribui regularmente como colunista para o Portal UOL e para a Rádio CBN. Reconhecida internacionalmente, liderou a delegação da Cúpula da Juventude do G20 do Brasil na China, e observou as eleições dos EUA de 2016 em Ohio, convidada pela Embaixada dos EUA. Selecionada para o Programa W30 da UCLA em 2017, está entre os top 30 em gestão acadêmica global. Recebeu uma concorrida bolsa Fulbright para realizar pesquisa na University of Southern California em 2022. Suas análises aparecem nos principais meios de comunicação no Brasil, nos EUA e na Europa frequentemente. Magnotta é palestrante regular de cursos e treinamentos para diplomatas e oficiais militares, lidera projetos envolvendo autoridades, pesquisadores e o setor privado principalmente no Brasil e nos Estados


Na FAAP

Curso de Relações Internacionais da FAAP fica no top 5 de instituições privadas do Brasil segundo Ruf-Folha 2023

O curso de Relações Internacionais do Centro Universitário FAAP, ocupa a 5ª posição entre as universidades particulares no Brasil, no ranking universitário da Folha. O ranking abrange a avaliação de mais de 2.200 instituições de ensino, incluindo universidades, centros universitários e faculdades. A metodologia atual, desenvolvida em 2012, avalia as universidades com base em cinco indicadores: pesquisa científica, internacionalização, inovação, qualidade do ensino e avaliação do mercado de trabalho. Sobre o curso: O curso de Relações Internacionais na FAAP integra o programa Business and International Affairs, que permite que o aluno obtenha três diplomas nas áreas de Economia, Administração e Relações Internacionais, em seis anos de estudo, personalizando sua formação de acordo com seus interesses e aspirações profissionais. Uma novidade no cenário educacional, o BIA tem o objetivo de formar profissionais com olhar internacional e amplo repertório político, econômico e cultural, além de fortalecer conhecimentos nos campos da estratégia, lógica, negociação e comunicação, preparando os alunos para se destacarem em um mercado de trabalho cada vez mais complexo e competitivo. Com uma ênfase em habilidades práticas, resolução de problemas e compreensão dos mercados globais, os estudantes passarão por imersões e missões ao longo de sua jornada acadêmica, terão acesso a laboratórios e parcerias para práticas especializadas e participarão de projetos e iniciativas de internacionalização. Saiba mais sobre o curso

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter