RESIDÊNCIA ARTÍSTICA FAAP-PARIS RECEBE A ARTISTA E EX-ALUNA GIULIA BIANCHI

CATEGORIA


DATA


COMPARTILHE


A Residência Artística FAAP – Paris, após passar por uma reforma e processo de modernização, além de um período fechado durante a pandemia, recebe a artista e ex-aluna de artes visuais, Giulia Bianchi. A artista ficará na capital francesa por um período de seis meses para desenvolver suas pesquisas e o projeto de pinturas Festin de Peintures

Formada em Artes Visuais pela FAAP, Giulia foi premiada para participar do Programa de Residência Artística FAAP, que a cada semestre seleciona um aluno, ex-aluno ou professor para ocupar o estúdio 1422, em Paris, a partir de um processo seletivo realizado pela instituição. Além do espaço, o prêmio contempla passagens de ida e volta e ajuda de custo. 

Giulia ficará instalada na Cité des Arts, localizada às margens do Rio Sena, onde também terá a oportunidade de participar dos processos de troca realizados com os mais de 300 artistas, do mundo todo, que circulam pelo complexo de edifícios. Além do estúdio 1422 da FAAP, totalmente reformado, a artista contará, ainda, com ambientes de criação coletivos, além de bibliotecas, teatro, ateliês de gravura, litografia e fotografia e espaços para exposições, entre outros ambientes. 

Durante a residência em Paris, além de aprofundar sua pesquisa e os estudos sobre o gênero natureza-morta, a artista também pretende levar as investigações sobre pinturas para um viés antropológico. “Nos cultivos franceses, os alimentos têm características específicas vindas não somente da geografia de uma região, mas também da mão de obra e cultura envolvidas. É o que eles chamam de ¨terroir¨. Minha expectativa é conseguir conectar a pintura com a terra e a cultura francesas, pensando em como seria criar um “terroir pictórico”, explica. 

Giulia Bianchi desde cedo se interessou pelo desenho, o que a motivou a cursar Artes Plásticas. Além da graduação, estudou pintura com o artista Paulo Whitaker e trabalhou com Henrique Oliveira. Fez parte do workshop intensivo em desenho Procedência & Propriedade, ministrado por Charles Watson, e integrou o grupo de estudos do artista Thiago Honório e da curadora Ana Paula Cohen. Atualmente, por meio de desenho, instalação e pintura, investiga o corpo e a superfície. A partir dos gêneros tradicionais da pintura, dialoga com referências da história e do mundo contemporâneo. 

25 anos de atividades 

Em 2022, a Residência Artística FAAP – Paris, na Cité des Arts, comemora 25 anos de atividades. Nesse período, selecionou e premiou 43 artistas para essa iniciativa, considerada inovadora e inédita, em âmbito latino-americano, ao proporcionar que artistas permaneçam em Paris desenvolvendo suas pesquisas e trabalhos, durante um período de seis meses. 

A lista de artistas que já participaram inclui, entre outros, nomes como Dora Longo Bahia, Claudio Mubarak, Caetano de Almeida, Sandra Cinto, Graziela Kunsch, Marcius Gallan, Fabio Morais, Gustavo Rezende, Mauricio Ianês, Rodolpho Parigi, Flavia Junqueira, Thiago Honório, Anaísa Franco, Henrique Cesar, Daniel de Paulo, Ana Mazzei, Rodrigo Sassi, Santarosa Barreto, Karola Braga e Paula Scavazzini – última ocupante do estúdio 1422, no início de 2019. 

Residência em São Paulo 

A FAAP também mantém no Brasil, desde 2005, a Residência Artística FAAP – São Paulo, localizada no centro da capital, em um edifício que é patrimônio histórico e cultural da cidade, construído pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo.Mais de 300 artistas de todos os continentes já passaram por lá.

O espaço, que esteve fechado durante parte da pandemia de Covid-19 (agosto de 2020 a janeiro de 2022), retomará as atividades neste mês de fevereiro, com a chegada dos primeiros artistas, de um grupo de nove, que já estão confirmados para o primeiro semestre desse ano. 

O processo seletivo para participar da Residência Artística FAAP – São Paulo é aberto a artistas de todo o País, com exceção de quem reside no estado de São Paulo, além de estrangeiros. As inscrições podem ser feitas online, no site do programa.

A Residência Artística FAAP – São Paulo, recém completando seus 15 anos de existência de atuação ininterrupta no País, passa a ter um espaço virtual renovado e atualizado, possibilitando acesso, também, a informações sobre suas atividades, parcerias, projetos e realizações.


DATA



CATEGORIA


COMPARTILHE

COMPARTILHE

A Residência Artística FAAP – Paris, após passar por uma reforma e processo de modernização, além de um período fechado durante a pandemia, recebe a artista e ex-aluna de artes visuais, Giulia Bianchi. A artista ficará na capital francesa por um período de seis meses para desenvolver suas pesquisas e o projeto de pinturas Festin de Peintures

Formada em Artes Visuais pela FAAP, Giulia foi premiada para participar do Programa de Residência Artística FAAP, que a cada semestre seleciona um aluno, ex-aluno ou professor para ocupar o estúdio 1422, em Paris, a partir de um processo seletivo realizado pela instituição. Além do espaço, o prêmio contempla passagens de ida e volta e ajuda de custo. 

Giulia ficará instalada na Cité des Arts, localizada às margens do Rio Sena, onde também terá a oportunidade de participar dos processos de troca realizados com os mais de 300 artistas, do mundo todo, que circulam pelo complexo de edifícios. Além do estúdio 1422 da FAAP, totalmente reformado, a artista contará, ainda, com ambientes de criação coletivos, além de bibliotecas, teatro, ateliês de gravura, litografia e fotografia e espaços para exposições, entre outros ambientes. 

Durante a residência em Paris, além de aprofundar sua pesquisa e os estudos sobre o gênero natureza-morta, a artista também pretende levar as investigações sobre pinturas para um viés antropológico. “Nos cultivos franceses, os alimentos têm características específicas vindas não somente da geografia de uma região, mas também da mão de obra e cultura envolvidas. É o que eles chamam de ¨terroir¨. Minha expectativa é conseguir conectar a pintura com a terra e a cultura francesas, pensando em como seria criar um “terroir pictórico”, explica. 

Giulia Bianchi desde cedo se interessou pelo desenho, o que a motivou a cursar Artes Plásticas. Além da graduação, estudou pintura com o artista Paulo Whitaker e trabalhou com Henrique Oliveira. Fez parte do workshop intensivo em desenho Procedência & Propriedade, ministrado por Charles Watson, e integrou o grupo de estudos do artista Thiago Honório e da curadora Ana Paula Cohen. Atualmente, por meio de desenho, instalação e pintura, investiga o corpo e a superfície. A partir dos gêneros tradicionais da pintura, dialoga com referências da história e do mundo contemporâneo. 

25 anos de atividades 

Em 2022, a Residência Artística FAAP – Paris, na Cité des Arts, comemora 25 anos de atividades. Nesse período, selecionou e premiou 43 artistas para essa iniciativa, considerada inovadora e inédita, em âmbito latino-americano, ao proporcionar que artistas permaneçam em Paris desenvolvendo suas pesquisas e trabalhos, durante um período de seis meses. 

A lista de artistas que já participaram inclui, entre outros, nomes como Dora Longo Bahia, Claudio Mubarak, Caetano de Almeida, Sandra Cinto, Graziela Kunsch, Marcius Gallan, Fabio Morais, Gustavo Rezende, Mauricio Ianês, Rodolpho Parigi, Flavia Junqueira, Thiago Honório, Anaísa Franco, Henrique Cesar, Daniel de Paulo, Ana Mazzei, Rodrigo Sassi, Santarosa Barreto, Karola Braga e Paula Scavazzini – última ocupante do estúdio 1422, no início de 2019. 

Residência em São Paulo 

A FAAP também mantém no Brasil, desde 2005, a Residência Artística FAAP – São Paulo, localizada no centro da capital, em um edifício que é patrimônio histórico e cultural da cidade, construído pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo.Mais de 300 artistas de todos os continentes já passaram por lá.

O espaço, que esteve fechado durante parte da pandemia de Covid-19 (agosto de 2020 a janeiro de 2022), retomará as atividades neste mês de fevereiro, com a chegada dos primeiros artistas, de um grupo de nove, que já estão confirmados para o primeiro semestre desse ano. 

O processo seletivo para participar da Residência Artística FAAP – São Paulo é aberto a artistas de todo o País, com exceção de quem reside no estado de São Paulo, além de estrangeiros. As inscrições podem ser feitas online, no site do programa.

A Residência Artística FAAP – São Paulo, recém completando seus 15 anos de existência de atuação ininterrupta no País, passa a ter um espaço virtual renovado e atualizado, possibilitando acesso, também, a informações sobre suas atividades, parcerias, projetos e realizações.

Mercado e comportamento no Século XXI

Garanta sua vaga

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP


Comunicação e Audiovisual

FAAPCast | Ex-aluno conta sobre sua trajetória e conquistas no mundo de games  

Apresentado por Ana Júlia Ribeiro, o FAAPCast recebeu esta semana Rodrigo Terra, ex-aluno de Rádio e TV da FAAP, que compartilhou detalhes sobre sua trajetória desde os primeiros passos na universidade até as conquistas que o tornaram uma referência no cenário internacional.  Ao entrar na FAAP, Terra encontrou o ambiente propício para explorar sua curiosidade e múltiplos interesses. Fascinado pelos bastidores e pela parte técnica da produção audiovisual, percebeu a importância de compreender todo o processo para se destacar no mercado. Sua atuação como aluno da FAAP já mostrava sua habilidade em conectar pessoas e conteúdos, preparando o terreno para seu futuro.   A história de Rodrigo é marcada por uma série de experiências enriquecedoras, incluindo estágios em televisão, iniciação científica na FAAP e trabalhos freelancers em diversas empresas. Essas experiências culminaram na fundação da produtora FAZENDA URBANA, ao lado de seu irmão, consolidando sua posição no mercado audiovisual brasileiro.   No entanto, o ápice de sua carreira veio com o reconhecimento internacional. Terra tornou-se o primeiro brasileiro a receber um prêmio no Festival de Veneza, com sua obra “The Line”, uma mistura inovadora de instalação artística e narrativa de games, que também foi premiada com um EMMY.   Hoje, Rodrigo é cofundador da ARVORE e presidente da Abragames, e a conversa com ele abordou desde sua visão sobre conteúdo até suas reflexões sobre a essência humana, proporcionando aos ouvintes uma experiência inspiradora.  Para aqueles que desejam entender os bastidores do sucesso e as complexidades do mercado de entretenimento, este episódio do FAAPCast está disponível em nosso canal no

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter