PARA CELEBRAR A SEMANA DE ARTE MODERNA, MAB FAAP ABRE A EXPOSIÇÃO MODERNOS

CATEGORIA


DATA


COMPARTILHE


Em comemoração ao centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, o MAB FAAP apresentará a exposição “Modernos” a partir de 10 de março. A mostra estará dividida em dois grandes núcleos: Antes de 1922, com curadoria de Felipe Chaimovich, ficará em cartaz por três meses, e Depois de 1922, com curadoria de Laura Rodríguez, seguirá até novembro. 

O núcleo Antes de 1922 contempla o envolvimento da família Prado – considerada uma das mais influentes famílias paulistas – com as artes, incluindo o financiamento da Semana de 1922 pelo mecenas Paulo Prado, um dos principais incentivadores do movimento. 

O público pode apreciar, por exemplo, obras de Antônio Parreiras, Eliseu Visconti, Estevão Silva, Georg Grimm e João Batista Castagneto. Para constituir esse núcleo, o MAB FAAP conta com a parceria de outras instituições, que emprestaram obras de seus acervos, como a Pinacoteca de São Paulo, o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP), o Museu Afro Brasil, o Itaú Cultural, o Museu Antonio Parreiras (RJ) e o Museu Nacional de Belas Artes (MNBA RJ). 

O núcleo Depois de 1922 apresentará uma seleção de obras do acervo do MAB FAAP, organizadas em uma série de agrupações de artistas que surgiram depois de 1930. O objetivo é mostrar a ebulição característica das vanguardas até o surgimento dos grupos concretistas.

Entre os coletivos abordados estarã o Núcleo Bernardelli, Clube dos Artistas Modernos, Grupo Santa Helena, Grupo Guanabara e Atelier-abstração. Além do eixo Rio-São Paulo, a mostra destaca, ainda, as reverberações do modernismo junto com a arte popular em outras regiões do Brasil. Uma cronologia aponta os eventos de maior importância, determinantes na sucessão de transformações que foram ocorrendo nas principais capitais. 

A partir de junho, após a saída do núcleo temporário Antes de 1922, o espaço receberá outras obras do acervo, ampliando o núcleo Depois de 1922. Serão obras dos grupos Concretistas de São Paulo e Rio de Janeiro, do grupo Realismo Mágico liderado por Wesley Duke Lee e por uma seleção dos primeiros professores e alunos da FAAP. 

Artistas 

 Até o fim da exposição, em novembro, o núcleo Depois de 1922 contará com obras de 119 artistas: Abraham Palatnik, Alberto da Veiga Guignard, Aldemir Martins, Aldir Mendes de Souza, Aldo Bonadei, Alfredo Ceschiatti, Alfredo Rullo Rizzotti, Alfredo Volpi, Anatol Wladyslaw, Anita Malfatti, Anna Letycia, Anna Bella Geiger, Anna Maria Maiolino, Antonio Gomide, Arcangelo Ianelli, Athos Bulcão, Bernardo Cid, Bruno Giorgi, Caciporé Torres, Candido Portinari, Carlos Scliar, Carybé, Charlotta Adlerová, Chico da Silva, Cícero Dias, Cidinha Pereira (Maria Aparecida de Mello), Clóvis Graciano, Djanira da Mota e Silva, Elvo Benito Damo, Emiliano Di Cavalcanti, Ernesto de Fiori, Fayga Ostrower, Farnese de Andrade, Fé Córdula, Fernando Lopes, Fernando Odriozola, Flávio de Carvalho, Flavio Shiró, Francisco Brennand, Francisco Rebolo Gonsales, Francisco Stockinger, Franz Weissmann, Genaro de Carvalho, Geraldo de Barros, Glauco Pinto de Morais, Hajime Higaki, Hércules Barsotti, Hermelindo Fiaminghi, Holmes Neves, Humberto Espíndola, Inimá de Paula, Ismael Nery, Israel Pedrosa, Ivan Serpa, Izar do Amaral Berlinck, J. Arrais, Jacob Carlos, Jacques Douchez, João Sebastião da Costa, Joaquim Lopes Figueira Jr., Jorge Mori, José Pancetti, Lasar Segall, Lothar Charoux, Lula Cardoso Ayres, Lydia Okumura, Lygia Clark, Manabu Mabe, Manoel Martins, Manoel Santiago, Marcello Grassmann, Maria Cecília Gismondi, Maria Guilhermina, Marília Giannetti Torres, Marina Caram, Mario Cravo Junior, Mario Zanini, Martha Loutsch, Mary Vieira, Melinda Garcia, Milton Dacosta, Mira Schendel, Mirian Inês da Silva, Nicolas Vlavianos, Nilson Pimenta, Niobe Xandó, Noemia Mourão, Norberto Nicola, Odilla Mestriner, Oswald de Andrade Filho, Oswaldo Goeldi, Otto Stupakoff, Paulo Rossi Osir, Pierre Chalita, Raimundo de Oliveira, Raphael Galvez, Reynaldo Fonseca, Renina Katz, Ruben Esmanhoto, Samson Flexor, Santa Rosa, Sérgio Camargo, Siron Franco, Sophia Tassinari, Tarsila do Amaral, Teresa Nazar, Thomaz Ianelli, Tomie Ohtake, Tomoo Handa, Vasco Prado, Vera Chaves Barcellos, Victor Brecheret, Waldomiro de Deus, Walter Lewy, Wega Nery, Wesley Duke Lee, Yoshiya Takaoka, Yuji Tamaki e Zélia Salgado.

Serviço

Período de visitação: de 10/03 a 27/11/2022

Núcleo temporário (Antes de 1922): de 10/03 a 29/05/2022

Horário: Segundas, quartas, quintas e sextas das 10h às 18h – última entrada às 17h30; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h – última entrada às 17h30.Fechado às terças-feiras, sem exceção, inclusive aos feriados.

Endereço: R. Alagoas, 903 – HigienópolisInformações: (11) 3662-7198 

Entrada: Gratuita 


DATA



CATEGORIA


COMPARTILHE

COMPARTILHE

Em comemoração ao centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, o MAB FAAP apresentará a exposição “Modernos” a partir de 10 de março. A mostra estará dividida em dois grandes núcleos: Antes de 1922, com curadoria de Felipe Chaimovich, ficará em cartaz por três meses, e Depois de 1922, com curadoria de Laura Rodríguez, seguirá até novembro. 

O núcleo Antes de 1922 contempla o envolvimento da família Prado – considerada uma das mais influentes famílias paulistas – com as artes, incluindo o financiamento da Semana de 1922 pelo mecenas Paulo Prado, um dos principais incentivadores do movimento. 

O público pode apreciar, por exemplo, obras de Antônio Parreiras, Eliseu Visconti, Estevão Silva, Georg Grimm e João Batista Castagneto. Para constituir esse núcleo, o MAB FAAP conta com a parceria de outras instituições, que emprestaram obras de seus acervos, como a Pinacoteca de São Paulo, o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP), o Museu Afro Brasil, o Itaú Cultural, o Museu Antonio Parreiras (RJ) e o Museu Nacional de Belas Artes (MNBA RJ). 

O núcleo Depois de 1922 apresentará uma seleção de obras do acervo do MAB FAAP, organizadas em uma série de agrupações de artistas que surgiram depois de 1930. O objetivo é mostrar a ebulição característica das vanguardas até o surgimento dos grupos concretistas.

Entre os coletivos abordados estarã o Núcleo Bernardelli, Clube dos Artistas Modernos, Grupo Santa Helena, Grupo Guanabara e Atelier-abstração. Além do eixo Rio-São Paulo, a mostra destaca, ainda, as reverberações do modernismo junto com a arte popular em outras regiões do Brasil. Uma cronologia aponta os eventos de maior importância, determinantes na sucessão de transformações que foram ocorrendo nas principais capitais. 

A partir de junho, após a saída do núcleo temporário Antes de 1922, o espaço receberá outras obras do acervo, ampliando o núcleo Depois de 1922. Serão obras dos grupos Concretistas de São Paulo e Rio de Janeiro, do grupo Realismo Mágico liderado por Wesley Duke Lee e por uma seleção dos primeiros professores e alunos da FAAP. 

Artistas 

 Até o fim da exposição, em novembro, o núcleo Depois de 1922 contará com obras de 119 artistas: Abraham Palatnik, Alberto da Veiga Guignard, Aldemir Martins, Aldir Mendes de Souza, Aldo Bonadei, Alfredo Ceschiatti, Alfredo Rullo Rizzotti, Alfredo Volpi, Anatol Wladyslaw, Anita Malfatti, Anna Letycia, Anna Bella Geiger, Anna Maria Maiolino, Antonio Gomide, Arcangelo Ianelli, Athos Bulcão, Bernardo Cid, Bruno Giorgi, Caciporé Torres, Candido Portinari, Carlos Scliar, Carybé, Charlotta Adlerová, Chico da Silva, Cícero Dias, Cidinha Pereira (Maria Aparecida de Mello), Clóvis Graciano, Djanira da Mota e Silva, Elvo Benito Damo, Emiliano Di Cavalcanti, Ernesto de Fiori, Fayga Ostrower, Farnese de Andrade, Fé Córdula, Fernando Lopes, Fernando Odriozola, Flávio de Carvalho, Flavio Shiró, Francisco Brennand, Francisco Rebolo Gonsales, Francisco Stockinger, Franz Weissmann, Genaro de Carvalho, Geraldo de Barros, Glauco Pinto de Morais, Hajime Higaki, Hércules Barsotti, Hermelindo Fiaminghi, Holmes Neves, Humberto Espíndola, Inimá de Paula, Ismael Nery, Israel Pedrosa, Ivan Serpa, Izar do Amaral Berlinck, J. Arrais, Jacob Carlos, Jacques Douchez, João Sebastião da Costa, Joaquim Lopes Figueira Jr., Jorge Mori, José Pancetti, Lasar Segall, Lothar Charoux, Lula Cardoso Ayres, Lydia Okumura, Lygia Clark, Manabu Mabe, Manoel Martins, Manoel Santiago, Marcello Grassmann, Maria Cecília Gismondi, Maria Guilhermina, Marília Giannetti Torres, Marina Caram, Mario Cravo Junior, Mario Zanini, Martha Loutsch, Mary Vieira, Melinda Garcia, Milton Dacosta, Mira Schendel, Mirian Inês da Silva, Nicolas Vlavianos, Nilson Pimenta, Niobe Xandó, Noemia Mourão, Norberto Nicola, Odilla Mestriner, Oswald de Andrade Filho, Oswaldo Goeldi, Otto Stupakoff, Paulo Rossi Osir, Pierre Chalita, Raimundo de Oliveira, Raphael Galvez, Reynaldo Fonseca, Renina Katz, Ruben Esmanhoto, Samson Flexor, Santa Rosa, Sérgio Camargo, Siron Franco, Sophia Tassinari, Tarsila do Amaral, Teresa Nazar, Thomaz Ianelli, Tomie Ohtake, Tomoo Handa, Vasco Prado, Vera Chaves Barcellos, Victor Brecheret, Waldomiro de Deus, Walter Lewy, Wega Nery, Wesley Duke Lee, Yoshiya Takaoka, Yuji Tamaki e Zélia Salgado.

Serviço

Período de visitação: de 10/03 a 27/11/2022

Núcleo temporário (Antes de 1922): de 10/03 a 29/05/2022

Horário: Segundas, quartas, quintas e sextas das 10h às 18h – última entrada às 17h30; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h – última entrada às 17h30.Fechado às terças-feiras, sem exceção, inclusive aos feriados.

Endereço: R. Alagoas, 903 – HigienópolisInformações: (11) 3662-7198 

Entrada: Gratuita 

Cursos Livres e Idiomas FAAP 2024

Confira a lista de cursos

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Relações Internacionais

Fernanda Magnotta compõe o grupo Global Fellows do Wilson Center.

A professora Fernanda Magnotta, coordenadora do curso de Relações Internacionais da FAAP e liderança à frente do BIA, o novo programa na área de negócios da instituição, acaba de ser convidada para compor o seleto grupo de “Global Fellows” do Wilson Center, de Washinton, DC. Trata-se de um dos mais poderosos think tanks do mundo e dos maiores dos Estados Unidos. Esse gesto reconhece a Profa. Magnotta como uma liderança intelectual no Brasil e a inclui como parte de uma das redes de relacionamento mais prestigiadas do planeta. Fernanda é prata da casa. Graduou-se na FAAP, em 2009, tornou-se parte do corpo docente ainda como “jovem professora”, em 2010, e ocupa a coordenação do curso de Relações Internacionais desde 2013. Ao todo, já são 14 anos de docência e dedicação a inúmeros projetos. Fernanda tem mestrado e doutorado na área, é especialista em política dos EUA, com foco nas relações entre EUA-China-América Latina. Seu trabalho inclui publicações acadêmicas e artigos de opinião especializados com circulação em diferentes idiomas. Já foi consultora da Comissão de Relações Internacionais da OAB, em São Paulo, e atualmente é Senior Fellow do CEBRI, do Rio de Janeiro. Além disso, contribui regularmente como colunista para o Portal UOL e para a Rádio CBN. Reconhecida internacionalmente, liderou a delegação da Cúpula da Juventude do G20 do Brasil na China, e observou as eleições dos EUA de 2016 em Ohio, convidada pela Embaixada dos EUA. Selecionada para o Programa W30 da UCLA em 2017, está entre os top 30 em gestão acadêmica global. Recebeu uma concorrida bolsa Fulbright para realizar pesquisa na University of Southern California em 2022. Suas análises aparecem nos principais meios de comunicação no Brasil, nos EUA e na Europa frequentemente. Magnotta é palestrante regular de cursos e treinamentos para diplomatas e oficiais militares, lidera projetos envolvendo autoridades, pesquisadores e o setor privado principalmente no Brasil e nos Estados


Na FAAP

B-Hub anuncia nova fase com lançamento de produtos e serviços

O Centro de Empreendedorismo da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), o B-Hub, se prepara para entrar em uma nova fase. O espaço, conhecido por sua dedicação ao empreendedorismo, agora oferece uma variedade de serviços e mentorias especializadas, além de apresentar uma equipe de professores renomados prontos para orientar e impulsionar ideias únicas. Novos Serviços e Professores: Transformando Ideias em Oportunidades O programa “START” oferece uma oportunidade de transformar ideias em ações concretas. Composto por 6 encontros, a equipe do FAAP Business Hub guiará os participantes na jornada de iniciar, organizar e priorizar projetos. Início: 05 de marçoQuando: Terças e quintas | das 14h às 16h30 Este curso gratuito é exclusivo para alunos e válido como atividade complementar. As vagas são limitadas! Inscreva-se clicando aqui. Para os momentos em que um projeto trava, o B-Hub oferece mentorias personalizadas com professores especialistas. Seja em encontros presenciais ou on–line, essas mentorias são projetadas para desbloquear ideias e proporcionar insights para alunos e ex-alunos. Entre em contato com a equipe para agendar a sua mentoria. O programa “FAABRICA” é destinado ao desenvolvimento de business plans, planos de marketing e protótipos, fornecendo suporte fundamental para projetos em estágios iniciais. Uma equipe de professores estará à disposição dos interessados: Marcelo de Almeida Westermann – Arquitetura e DesignJulio Cesar de Freitas – DesignMayara Ferreira Longuini – DireitoJosé Sarkis Arakelian – AdministraçãoMarco Antônio Di Lorenzi Andreoni – Artes, Design e Moda B-Hub – O Espaço para Desenvolvimento de Projetos Além de apresentar os novos produtos e serviços, é importante destacar que o B-Hub é um espaço dedicado ao desenvolvimento de projetos. Seja dando os primeiros passos na jornada empreendedora ou buscando aprimoramento para projetos já existentes, o B-Hub continua a ser o ambiente propício para o crescimento e inovação. Com estes novos projetos, o B-Hub reafirma seu compromisso em ser um catalisador para o empreendedorismo na comunidade FAAP e no


Direito

Folha de S. Paulo destaca parceria da FAAP com universidades europeias para alunos de Direito 

Conforme destacado pelo jornal Folha de S. Paulo, a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) firmou uma parceria estratégica com três universidades europeias. A colaboração visa enriquecer a experiência acadêmica dos alunos de Direito da instituição, proporcionando-lhes oportunidades únicas de intercâmbio internacional.  A notícia ganha destaque ao ressaltar que, ao participarem desse intercâmbio, os alunos da FAAP não apenas ampliam seus horizontes culturais, mas também não perdem o semestre letivo. Essa abordagem permite que os estudantes vivenciem novas perspectivas acadêmicas e culturais, sem comprometer seus estudos.  A FAAP, reconhecida por sua visão globalizada, já possui convênios com mais de 350 universidades ao redor do mundo, consolidando-se como uma instituição comprometida com a formação acadêmica internacional de seus alunos. A parceria com universidades europeias para os alunos de Direito é mais um passo em direção à excelência acadêmica e à formação de profissionais globais, prontos para enfrentar os desafios da profissão.  O coordenador do curso, Fernando José da Costa, ressalta que “Ter vivido e estudado no exterior é frequentemente valorizado pelos empregadores, destacando a adaptabilidade, a diversidade de perspectivas e o empenho em desafios impostos por conviver em outros países”.  Destacando o compromisso da FAAP em preparar profissionais capazes de lidar com as demandas contemporâneas, o curso de Direito da instituição visa formar estudantes não apenas como juristas, mas como agentes ativos em uma sociedade cada vez mais complexa. O programa oferece uma abordagem holística, permitindo que os alunos compreendam aspectos históricos, políticos e econômicos em um contexto nacional e internacional.  Leia a matéria completa: clique aqui  O CURSO DE DIREITO FAAP  O curso de Direito da FAAP proporciona uma formação abrangente e aprofundada sobre as relações humanas, as práticas legais e o funcionamento dos sistemas jurídicos. São oferecidas todas as matérias tradicionais da formação jurídica (Direito Civil, Direito Penal, Direito Constitucional, Direito Processual, Direito Empresarial, Direito Internacional, Ética Profissional etc.) em conjunto com atividades culturais e disciplinas humanísticas (Teatro, Oratória, Filosofia, Psicologia etc.), que permitem conhecimentos sobre Justiça e Poder, Segurança Pública e Segurança Jurídica, Tecnologia e Relações Digitais, Direito Ambiental Empresarial, Direito Desportivo, Direito do Entretenimento

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter