HANNAH ARENDT INSPIRA MOSTRA QUE CELEBRA A 100ª CURADORIA DO ACERVO DO MAB FAAP

CATEGORIA


DATA


COMPARTILHE


O Museu de Arte Brasileira da FAAP realiza a exposição “Da Humanidade: 100 artistas do acervo”, que marca a centésima curadoria realizada com obras pertencentes à coleção do MAB FAAP, em São Paulo.

A mostra tem como ponto de partida as ideias expressas por Hannah Arendt no livro “A Condição Humana”, de 1958, no qual a autora faz uma análise sobre o que é específico e genérico do ser humano.

Em sua obra, Arendt aponta que as três atividades humanas fundamentais – o trabalho ou labor, a obra e a ação ou discurso – estão intimamente relacionadas com as condições mais gerais da existência humana: o nascimento e a morte. Para a filósofa, a vida ativa deve ser uma sinergia entre o trabalho que cada indivíduo realiza, pelo qual se garante a subsistência material, suas obras, de onde se criam os objetos e o legado da cultura – que ajudam a superar a mortalidade –, e a ação que, através do discurso e do relacionamento interpessoal, possibilita a construção de uma sociedade plural, mais justa e solidária.

A partir desses conceitos foram selecionadas para a mostra obras que permitirão uma reflexão sobre a vida em sociedade e os trabalhos dos artistas.A exposição está dividida em 10 núcleos: identidade, infância, arte, habitat, urbe, labor, ócio, sagrado, cultura e agruras.

  Entre as obras e artistas que a compõem estão: “Homem Brasileiro”, de Ernesto de Fiori (1938); “Murmúrios II”, de Hannah Brandt (1981); “Tenista na Praia”, de Gustavo Rosa (1983); e “Encarne e Viva”, de Rodolpho Parigi (2009/2010).

A exposição “Da Humanidade: 100 artistas do acervo” também será marcada pela interatividade. O objetivo é aguçar a reflexão a respeito da relevância de expor coleções e torná-las acessíveis ao público. Durante os últimos 59 anos, o MAB FAAP mantém em seu acervo um conjunto com mais de 3.400 obras, que vêm sendo adquiridas, catalogadas, pesquisadas, conservadas e, em alguns casos, restauradas.

O acervo online integrará um sistema pelo qual os visitantes poderão atuar como “curadores” e sugerir obras para compor a exposição no segundo semestre. Pelo computador, as pessoas terão acesso às imagens do banco de dados online do MAB e poderão escolher uma obra. Aquelas que estiverem entre as 20 mais votadas farão parte da mostra.

Além disso, o setor educativo do MAB FAAP irá atuar com propostas de diversas oficinas ao longo do ano, incluindo conversas com artistas e pesquisadores abertas ao público em geral. O público infantil terá uma atividade especial. Crianças a partir dos cinco anos que visitarem a exposição aos sábados e domingos serão convidadas a confeccionar um pequeno livro com desenhos, colagens e pinturas.

 

 

Confira algumas obras que estão expostas

 

 

“Da Humanidade : 100 artistas do acervo”

Local: Museu de Arte Brasileira da FAAP

Endereço: Rua Alagoas, 903 – Higienópolis, São Paulo

Quando: 11 de março a 13 de dezembro

Horários: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h – última entrada às 18h

Aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h – última entrada às 17h (Fechado às terças-feiras, inclusive quando feriado)

 

Programação setor educativo infantil:

Quando: Sábados e domingos (a partir do dia 14/03)

Horário: 15h às 17h

Faixa etária: a partir de 5 anos


DATA



CATEGORIA


COMPARTILHE

COMPARTILHE

O Museu de Arte Brasileira da FAAP realiza a exposição “Da Humanidade: 100 artistas do acervo”, que marca a centésima curadoria realizada com obras pertencentes à coleção do MAB FAAP, em São Paulo.

A mostra tem como ponto de partida as ideias expressas por Hannah Arendt no livro “A Condição Humana”, de 1958, no qual a autora faz uma análise sobre o que é específico e genérico do ser humano.

Em sua obra, Arendt aponta que as três atividades humanas fundamentais – o trabalho ou labor, a obra e a ação ou discurso – estão intimamente relacionadas com as condições mais gerais da existência humana: o nascimento e a morte. Para a filósofa, a vida ativa deve ser uma sinergia entre o trabalho que cada indivíduo realiza, pelo qual se garante a subsistência material, suas obras, de onde se criam os objetos e o legado da cultura – que ajudam a superar a mortalidade –, e a ação que, através do discurso e do relacionamento interpessoal, possibilita a construção de uma sociedade plural, mais justa e solidária.

A partir desses conceitos foram selecionadas para a mostra obras que permitirão uma reflexão sobre a vida em sociedade e os trabalhos dos artistas.A exposição está dividida em 10 núcleos: identidade, infância, arte, habitat, urbe, labor, ócio, sagrado, cultura e agruras.

  Entre as obras e artistas que a compõem estão: “Homem Brasileiro”, de Ernesto de Fiori (1938); “Murmúrios II”, de Hannah Brandt (1981); “Tenista na Praia”, de Gustavo Rosa (1983); e “Encarne e Viva”, de Rodolpho Parigi (2009/2010).

A exposição “Da Humanidade: 100 artistas do acervo” também será marcada pela interatividade. O objetivo é aguçar a reflexão a respeito da relevância de expor coleções e torná-las acessíveis ao público. Durante os últimos 59 anos, o MAB FAAP mantém em seu acervo um conjunto com mais de 3.400 obras, que vêm sendo adquiridas, catalogadas, pesquisadas, conservadas e, em alguns casos, restauradas.

O acervo online integrará um sistema pelo qual os visitantes poderão atuar como “curadores” e sugerir obras para compor a exposição no segundo semestre. Pelo computador, as pessoas terão acesso às imagens do banco de dados online do MAB e poderão escolher uma obra. Aquelas que estiverem entre as 20 mais votadas farão parte da mostra.

Além disso, o setor educativo do MAB FAAP irá atuar com propostas de diversas oficinas ao longo do ano, incluindo conversas com artistas e pesquisadores abertas ao público em geral. O público infantil terá uma atividade especial. Crianças a partir dos cinco anos que visitarem a exposição aos sábados e domingos serão convidadas a confeccionar um pequeno livro com desenhos, colagens e pinturas.

 

 

Confira algumas obras que estão expostas

 

 

“Da Humanidade : 100 artistas do acervo”

Local: Museu de Arte Brasileira da FAAP

Endereço: Rua Alagoas, 903 – Higienópolis, São Paulo

Quando: 11 de março a 13 de dezembro

Horários: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h – última entrada às 18h

Aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h – última entrada às 17h (Fechado às terças-feiras, inclusive quando feriado)

 

Programação setor educativo infantil:

Quando: Sábados e domingos (a partir do dia 14/03)

Horário: 15h às 17h

Faixa etária: a partir de 5 anos

Cursos Livres e Idiomas FAAP 2024

Confira a lista de cursos

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP


Relações Internacionais

Fernanda Magnotta compõe o grupo Global Fellows do Wilson Center

A professora Fernanda Magnotta, coordenadora do curso de Relações Internacionais da FAAP e liderança à frente do BIA, o novo programa na área de negócios da instituição, acaba de ser convidada para compor o seleto grupo de “Global Fellows” do Wilson Center, de Washinton, DC. Trata-se de um dos mais poderosos think tanks do mundo e dos maiores dos Estados Unidos. Esse gesto reconhece a Profa. Magnotta como uma liderança intelectual no Brasil e a inclui como parte de uma das redes de relacionamento mais prestigiadas do planeta. Fernanda é prata da casa. Graduou-se na FAAP, em 2009, tornou-se parte do corpo docente ainda como “jovem professora”, em 2010, e ocupa a coordenação do curso de Relações Internacionais desde 2013. Ao todo, já são 14 anos de docência e dedicação a inúmeros projetos. Fernanda tem mestrado e doutorado na área, é especialista em política dos EUA, com foco nas relações entre EUA-China-América Latina. Seu trabalho inclui publicações acadêmicas e artigos de opinião especializados com circulação em diferentes idiomas. Já foi consultora da Comissão de Relações Internacionais da OAB, em São Paulo, e atualmente é Senior Fellow do CEBRI, do Rio de Janeiro. Além disso, contribui regularmente como colunista para o Portal UOL e para a Rádio CBN. Reconhecida internacionalmente, liderou a delegação da Cúpula da Juventude do G20 do Brasil na China, e observou as eleições dos EUA de 2016 em Ohio, convidada pela Embaixada dos EUA. Selecionada para o Programa W30 da UCLA em 2017, está entre os top 30 em gestão acadêmica global. Recebeu uma concorrida bolsa Fulbright para realizar pesquisa na University of Southern California em 2022. Suas análises aparecem nos principais meios de comunicação no Brasil, nos EUA e na Europa frequentemente. Magnotta é palestrante regular de cursos e treinamentos para diplomatas e oficiais militares, lidera projetos envolvendo autoridades, pesquisadores e o setor privado principalmente no Brasil e nos Estados


Na FAAP

B-Hub anuncia nova fase com lançamento de produtos e serviços

O Centro de Empreendedorismo da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), o B-Hub, se prepara para entrar em uma nova fase. O espaço, conhecido por sua dedicação ao empreendedorismo, agora oferece uma variedade de serviços e mentorias especializadas, além de apresentar uma equipe de professores renomados prontos para orientar e impulsionar ideias únicas. Novos Serviços e Professores: Transformando Ideias em Oportunidades O programa “START” oferece uma oportunidade de transformar ideias em ações concretas. Composto por 6 encontros, a equipe do FAAP Business Hub guiará os participantes na jornada de iniciar, organizar e priorizar projetos. Início: 05 de marçoQuando: Terças e quintas | das 14h às 16h30 Este curso gratuito é exclusivo para alunos e válido como atividade complementar. As vagas são limitadas! Inscreva-se clicando aqui. Para os momentos em que um projeto trava, o B-Hub oferece mentorias personalizadas com professores especialistas. Seja em encontros presenciais ou on–line, essas mentorias são projetadas para desbloquear ideias e proporcionar insights para alunos e ex-alunos. Entre em contato com a equipe para agendar a sua mentoria. O programa “FAABRICA” é destinado ao desenvolvimento de business plans, planos de marketing e protótipos, fornecendo suporte fundamental para projetos em estágios iniciais. Uma equipe de professores estará à disposição dos interessados: Marcelo de Almeida Westermann – Arquitetura e DesignJulio Cesar de Freitas – DesignMayara Ferreira Longuini – DireitoJosé Sarkis Arakelian – AdministraçãoMarco Antônio Di Lorenzi Andreoni – Artes, Design e Moda B-Hub – O Espaço para Desenvolvimento de Projetos Além de apresentar os novos produtos e serviços, é importante destacar que o B-Hub é um espaço dedicado ao desenvolvimento de projetos. Seja dando os primeiros passos na jornada empreendedora ou buscando aprimoramento para projetos já existentes, o B-Hub continua a ser o ambiente propício para o crescimento e inovação. Com estes novos projetos, o B-Hub reafirma seu compromisso em ser um catalisador para o empreendedorismo na comunidade FAAP e no

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter