EXPOSIÇÃO DE RAIMUNDO CELA TRAZ, A PARTIR DE 12 DE JUNHO, A MEMÓRIA DE UM DOS MAIS IMPORTANTES ARTISTAS CEARENSES

CATEGORIA


DATA


COMPARTILHE


O Museu de Arte Brasileira da FAAP (MAB-FAAP) realiza, a partir de 12 de junho, a exposição de Raimundo Cela (1890-1954), principal artista cearense de sua geração. Reunindo 120 obras, a retrospectiva apresenta o percurso do artista desde suas obras acadêmicas até os últimos trabalhos, plenos de ritmo e emoção.

Com curadoria de Denise Mattar, que tem como proposta resgatar artistas de qualidade que ficaram à margem da história oficial da arte brasileira, a mostra “Raimundo Cela – um mestre brasileiro” apresenta a obra de um realizador muito respeitado entre os estudiosos, mas pouco conhecido do público em geral.

Maior retrospectiva já realizada do pintor cearense, a mostra abarca sua trajetória, a partir de momentos chave que representam o início de um novo ciclo em sua obra.

A exposição inicia com seus primeiros trabalhos, marcados pela influência do academicismo. São obras determinadas pelo perfeito domínio da técnica clássica, na composição de telas figurativas, evocações à Antiguidade Clássica e à paisagem brasileira. Nesse setor, destacam-se, entre outras, obras como Último diálogo de Sócrates (1917), premiada no Salão Nacional de Belas Artes e que garantiu ao artista uma viagem a Paris, na França.

Devido à Primeira Guerra Mundial, a viagem foi realizada apenas em 1920, justamente o princípio dos anos “loucos” da capital francesa, onde Cela dedica-se aos estudos da gravura em metal, dando uma nova perspectiva à sua obra, não apenas na técnica, mas também na temática.

Ao longo dos anos em que permanece em Paris, o artista retratou em seus desenhos, óleos e gravuras, cenas da paisagem francesa, como na tela Paisagem de Saint-Agrève (1921), e da realidade parisiense e de seus tipos, em estudos de nus e nos desenhos Ferreiro e Funileiro (1921).

Um dos grandes destaques da exposição, e da obra de Raimundo Cela, o painel Abolição (1938) estará reproduzido na mostra em seu tamanho original. Primeiro estado brasileiro a abolir a escravatura, em 25 de março de 1884, o Ceará, terra natal de Cela, encomenda ao artista, em 1938, um painel que simboliza o momento histórico tão marcante na história do Ceará e do Brasil.

Na mostra individual, o público poderá ter acesso a uma visão única do Ceará. Em seus quadros está a melhor tradução dessa paisagem nordestina, como na série Pinturas Brancas, de marinas e paisagens. Cela também foi um “caçador de almas” e dos tipos cearenses, com destaque para as figuras populares, como pescadores, vaqueiros, rendeiras e os jangadeiros, estes representados em uma série de obras criadas entre 1940 e 1946. Na mostra, essas produções estarão dispostas de modo narrativo, representando a sequência de ações que levam a jangada ao mar.

A exposição tem o patrocínio da Minalba e, depois da temporada no MAB-FAAP, segue para o Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro.

Saiba mais sobre o arista.

Confira algumas obras de Raimundo Cela.


Exposição “Raimundo Cela – um mestre brasileiro”

Período de visitação: de 12 de junho a 24 de julho

Atenção para os novos horários:

Horário: de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h– última entrada às 18h

Aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h – última entrada às 17h

(Fechado às terças-feiras, inclusive quando feriado)

Local: MAB-FAAP

Endereço: Rua Alagoas, 903 – Higienópolis

Informações: (11) 3662-7198

Agendamento de visitas educativas: (11) 3662-7200 ou museu.educativo@faap.brEntrada franca

 


DATA



CATEGORIA


COMPARTILHE

COMPARTILHE

O Museu de Arte Brasileira da FAAP (MAB-FAAP) realiza, a partir de 12 de junho, a exposição de Raimundo Cela (1890-1954), principal artista cearense de sua geração. Reunindo 120 obras, a retrospectiva apresenta o percurso do artista desde suas obras acadêmicas até os últimos trabalhos, plenos de ritmo e emoção.

Com curadoria de Denise Mattar, que tem como proposta resgatar artistas de qualidade que ficaram à margem da história oficial da arte brasileira, a mostra “Raimundo Cela – um mestre brasileiro” apresenta a obra de um realizador muito respeitado entre os estudiosos, mas pouco conhecido do público em geral.

Maior retrospectiva já realizada do pintor cearense, a mostra abarca sua trajetória, a partir de momentos chave que representam o início de um novo ciclo em sua obra.

A exposição inicia com seus primeiros trabalhos, marcados pela influência do academicismo. São obras determinadas pelo perfeito domínio da técnica clássica, na composição de telas figurativas, evocações à Antiguidade Clássica e à paisagem brasileira. Nesse setor, destacam-se, entre outras, obras como Último diálogo de Sócrates (1917), premiada no Salão Nacional de Belas Artes e que garantiu ao artista uma viagem a Paris, na França.

Devido à Primeira Guerra Mundial, a viagem foi realizada apenas em 1920, justamente o princípio dos anos “loucos” da capital francesa, onde Cela dedica-se aos estudos da gravura em metal, dando uma nova perspectiva à sua obra, não apenas na técnica, mas também na temática.

Ao longo dos anos em que permanece em Paris, o artista retratou em seus desenhos, óleos e gravuras, cenas da paisagem francesa, como na tela Paisagem de Saint-Agrève (1921), e da realidade parisiense e de seus tipos, em estudos de nus e nos desenhos Ferreiro e Funileiro (1921).

Um dos grandes destaques da exposição, e da obra de Raimundo Cela, o painel Abolição (1938) estará reproduzido na mostra em seu tamanho original. Primeiro estado brasileiro a abolir a escravatura, em 25 de março de 1884, o Ceará, terra natal de Cela, encomenda ao artista, em 1938, um painel que simboliza o momento histórico tão marcante na história do Ceará e do Brasil.

Na mostra individual, o público poderá ter acesso a uma visão única do Ceará. Em seus quadros está a melhor tradução dessa paisagem nordestina, como na série Pinturas Brancas, de marinas e paisagens. Cela também foi um “caçador de almas” e dos tipos cearenses, com destaque para as figuras populares, como pescadores, vaqueiros, rendeiras e os jangadeiros, estes representados em uma série de obras criadas entre 1940 e 1946. Na mostra, essas produções estarão dispostas de modo narrativo, representando a sequência de ações que levam a jangada ao mar.

A exposição tem o patrocínio da Minalba e, depois da temporada no MAB-FAAP, segue para o Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro.

Saiba mais sobre o arista.

Confira algumas obras de Raimundo Cela.


Exposição “Raimundo Cela – um mestre brasileiro”

Período de visitação: de 12 de junho a 24 de julho

Atenção para os novos horários:

Horário: de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h– última entrada às 18h

Aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h – última entrada às 17h

(Fechado às terças-feiras, inclusive quando feriado)

Local: MAB-FAAP

Endereço: Rua Alagoas, 903 – Higienópolis

Informações: (11) 3662-7198

Agendamento de visitas educativas: (11) 3662-7200 ou museu.educativo@faap.brEntrada franca

 

Cursos Livres e Idiomas FAAP 2024

Confira a lista de cursos

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP


Relações Internacionais

Fernanda Magnotta compõe o grupo Global Fellows do Wilson Center

A professora Fernanda Magnotta, coordenadora do curso de Relações Internacionais da FAAP e liderança à frente do BIA, o novo programa na área de negócios da instituição, acaba de ser convidada para compor o seleto grupo de “Global Fellows” do Wilson Center, de Washinton, DC. Trata-se de um dos mais poderosos think tanks do mundo e dos maiores dos Estados Unidos. Esse gesto reconhece a Profa. Magnotta como uma liderança intelectual no Brasil e a inclui como parte de uma das redes de relacionamento mais prestigiadas do planeta. Fernanda é prata da casa. Graduou-se na FAAP, em 2009, tornou-se parte do corpo docente ainda como “jovem professora”, em 2010, e ocupa a coordenação do curso de Relações Internacionais desde 2013. Ao todo, já são 14 anos de docência e dedicação a inúmeros projetos. Fernanda tem mestrado e doutorado na área, é especialista em política dos EUA, com foco nas relações entre EUA-China-América Latina. Seu trabalho inclui publicações acadêmicas e artigos de opinião especializados com circulação em diferentes idiomas. Já foi consultora da Comissão de Relações Internacionais da OAB, em São Paulo, e atualmente é Senior Fellow do CEBRI, do Rio de Janeiro. Além disso, contribui regularmente como colunista para o Portal UOL e para a Rádio CBN. Reconhecida internacionalmente, liderou a delegação da Cúpula da Juventude do G20 do Brasil na China, e observou as eleições dos EUA de 2016 em Ohio, convidada pela Embaixada dos EUA. Selecionada para o Programa W30 da UCLA em 2017, está entre os top 30 em gestão acadêmica global. Recebeu uma concorrida bolsa Fulbright para realizar pesquisa na University of Southern California em 2022. Suas análises aparecem nos principais meios de comunicação no Brasil, nos EUA e na Europa frequentemente. Magnotta é palestrante regular de cursos e treinamentos para diplomatas e oficiais militares, lidera projetos envolvendo autoridades, pesquisadores e o setor privado principalmente no Brasil e nos Estados


Na FAAP

B-Hub anuncia nova fase com lançamento de produtos e serviços

O Centro de Empreendedorismo da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), o B-Hub, se prepara para entrar em uma nova fase. O espaço, conhecido por sua dedicação ao empreendedorismo, agora oferece uma variedade de serviços e mentorias especializadas, além de apresentar uma equipe de professores renomados prontos para orientar e impulsionar ideias únicas. Novos Serviços e Professores: Transformando Ideias em Oportunidades O programa “START” oferece uma oportunidade de transformar ideias em ações concretas. Composto por 6 encontros, a equipe do FAAP Business Hub guiará os participantes na jornada de iniciar, organizar e priorizar projetos. Início: 05 de marçoQuando: Terças e quintas | das 14h às 16h30 Este curso gratuito é exclusivo para alunos e válido como atividade complementar. As vagas são limitadas! Inscreva-se clicando aqui. Para os momentos em que um projeto trava, o B-Hub oferece mentorias personalizadas com professores especialistas. Seja em encontros presenciais ou on–line, essas mentorias são projetadas para desbloquear ideias e proporcionar insights para alunos e ex-alunos. Entre em contato com a equipe para agendar a sua mentoria. O programa “FAABRICA” é destinado ao desenvolvimento de business plans, planos de marketing e protótipos, fornecendo suporte fundamental para projetos em estágios iniciais. Uma equipe de professores estará à disposição dos interessados: Marcelo de Almeida Westermann – Arquitetura e DesignJulio Cesar de Freitas – DesignMayara Ferreira Longuini – DireitoJosé Sarkis Arakelian – AdministraçãoMarco Antônio Di Lorenzi Andreoni – Artes, Design e Moda B-Hub – O Espaço para Desenvolvimento de Projetos Além de apresentar os novos produtos e serviços, é importante destacar que o B-Hub é um espaço dedicado ao desenvolvimento de projetos. Seja dando os primeiros passos na jornada empreendedora ou buscando aprimoramento para projetos já existentes, o B-Hub continua a ser o ambiente propício para o crescimento e inovação. Com estes novos projetos, o B-Hub reafirma seu compromisso em ser um catalisador para o empreendedorismo na comunidade FAAP e no

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter