Curtas-metragens de Animação, de alunos da FAAP, são selecionados para participar de importantes festivais da categoria


DATA


COMPARTILHE


O curta-metragem “Caixinha de Música”, realizado pelos alunos do curso de Animação da FAAP, Ana Carolina do Monte, Ana Luísa Alessandrini e João Francisco Neto, está entre os filmes selecionados para participar do 16º Festival de Cinema de Ouro Preto – CineOP, que acontecerá entre os dias 24 e 28 de junho, de forma on-line.

O curta retrata a história de Marie, uma pequena estudante de balé, que é a mais desajeitada da turma e o olhar repreensivo de sua professora a desanima. Um dia, porém, ela recebe uma caixinha de música de presente de uma senhora na rua. Ao chegar em casa e dar corda, a pequena bailarina que girava dentro da caixinha toma vida e vira uma menina de verdade. Com o tempo, as duas se tornam amigas e a menina que estava na caixinha ajuda Marie a dançar melhor e a ter mais confiança. Mas nem tudo é o que parece e logo Marie descobre que a Caixinha guarda um segredo cruel.

“Ficamos honrados com a nossa seleção e estamos muito felizes por ter nosso trabalho reconhecido por um festival que valoriza a cultura e o patrimônio brasileiro. Esperamos que nosso curta possa inspirar outras pessoas a se interessar por animação e balé, da mesma forma que outros filmes nos fizeram ter interesse por esses temas”, comemora a equipe do filme.

Outro curta-metragem, “Paloma”, dirigido pelo aluno de Animação Alex Reis, foi selecionado para o Festival Internacional de Animação de Curitiba, que será realizado também de forma remota entre os dias 23 e 27 de setembro de 2021.

“Estou muito feliz em participar do Animatiba. Bom demais ver “Paloma” alçando voos mais altos e distantes”, celebra o diretor do filme.

A história narrada pelo curta se passa na Praça da Se´, em Sa~o Paulo, onde Paloma – uma pomba como qualquer outra – engole um chip de celular e ganha consciência. Mas o que era para ser uma bênção acaba revelando algo terrível: ela, assim como todas as pombas, sempre comeu restos. Diante disso, Paloma vai atrás de justiça para as pombas e, ao lado de Pru, descobre mais sobre quem se tornou e o seu lugar entre os humanos, ratos e demais habitantes da cidade.

Já os filmes de animação “Bob Cuspe – nós não gostamos de gente” e “Meu Tio José” foram indicados para o festival ANNECY, considerado o mais importante evento de animação do mundo.

Os curtas contaram com a participação das alunas de Animação da FAAP Lena Araújo e Carolina Assaf, respectivamente, que trabalharam como estagiárias durante a produção do filme.

“Foi meu primeiro estágio e o primeiro filme em que trabalhei. Eu agradeço muito a confiança que os donos do estúdio tiveram em mim, pois fiz e aprendi tanta coisa que a forma como eu trabalho atualmente mudou depois de “Meu Tio José”. Espero que todo mundo se emocione como eu me emocionei quando li o roteiro pela primeira vez”, comenta Carolina Assaf.

“Meu Tio José” é baseado em fatos reais e conta, pelo olhar de uma criança, a história de um ex-guerrilheiro morto na ditadura militar. A produção foi escrita e dirigida por Ducca Rios e tem voz original de atores como Wagner Moura e Tonico Pereira.

Já “Bob Cuspe – Não Gostamos de Gente” é uma animação stop-motion que mistura documentário, comédia e road-movie. Traz a história do personagem Bob Cuspe, um velho punk tentando escapar de um deserto pós-apocalíptico que é na verdade um purgatório dentro da mente de seu criador, Angeli, um cartunista passando por uma crise criativa.

Para Lena Araújo, que foi assistente de edição de vídeo no filme, a experiência também foi gratificante. “Foi um prazer imenso trabalhar ao lado de gigantes da animação stop motion do Brasil. Com eles, aprendi lições valiosas que levarei em todos os meus projetos. O stop motion é uma paixão que começou na FAAP e, graças aos conhecimentos adquiridos em sala de aula, pude participar desse filme”, destaca a estudante.

 

Paloma (Paloma)

Informações do filme (Movie Information)

Duração(lenght) – 7’35”

Exibição (Exhibition) – 16:9

Bitola (filmed) – Digital

Cor (Color) – Color.

Ano (Year) – 2020

Tipo (type) – Curta/Short

Gênero(genre) – Animação/ Animation

 

Ficha Técnica (Cast and Crew)

Direção (Director) – Alex Reis

Roteiro (Screenplay) – Alex Reis, Laura MC, Henrique de Paula, Luiza Azevedo, Luiz Moura

Produção Executiva (Executive Production) -Alex Reis e Lena Araujo

Direção de Produção (Production) -Lena Araujo e Victor Morelli

Fotografia (Cinematography) – Diego Pirata

Montagem (Editing) – Alex Reis e Laura MC

Som (Sound) – Kim Manso

Trilha Sonora (Music) -Alex Reis e Kim Manso

Arte (Art Direction) – Juliana Nascimento e Rafael Santos

Direção de Animação (Animation) – Helen Okuma

Cenários (Scenarios) -Juliana Britto, Vitória Abreu, Marcella Carvalho, Vitória Misae, Victor Morelli

Design de Personagens (Character Design) -Juliana Nascimento e Helen Okuma

Props – Juliana Nascimento e Marcella Carvalho

Elenco (Cast) – Helen Okuma e Jessyca Rianho

 

Caixinha de Música (The Music Box)

Informações do filme (Movie Information)

Duração(lenght)- 9’38”

Exibição(Exhibition)- 16:9

Bitola(filmed)- Digital

Cor(Color)- Color.

Ano(Year)- 2021

Tipo(type)- Curta/Short

Gênero(genre)- Animação/Animation

 

Ficha Técnica (Cast and Crew)

Direção (Director)- Ana Carolina do Monte

Roteiro (Screenplay) -Ana Carolina do Monte, Ana Luisa Alessandri Torres e João Francisco Neto

Produção (Production) -Ana Luisa Alessandri Torres

Fotografia (Cinematography)- Ana Carolina do Monte, Ana Luisa Alessandri Torres e João Francisco Neto

Montagem (Editing)- Ana Luisa Alessandri TorresSom (Sound)Ana Luisa Alessandri Torres

Direçao de Arte (Art Director) -Ana Carolina do Monte, Ana Luisa Alessandri Torres e João Francisco Neto

Trilha Sonora (Music)- Ana Luisa Alessandri Torres, Eubulo Jar’ol, Nathalia Rocha SilvaDireção de Animação (Animation Director)- João Francisco Neto

Cenários (Scenarios)- João Francisco Neto e Ana Luisa Alessandri Torres

Design de Personagens (Props)- Ana Carolina do Monte, Ana Luisa Alessandri TorresAssistente de Arte e Animação (Movie Assistants)-Antônio de Paula Souza Masetti, Camila Del Zotto Camargo, Ana Araújo Suzin, Alexandra Choque Casallo

Consultoria de Balét (Ballet Consultant) -Victória Silvestre e Bel A. Paula Souza


DATA



COMPARTILHE

COMPARTILHE

O curta-metragem “Caixinha de Música”, realizado pelos alunos do curso de Animação da FAAP, Ana Carolina do Monte, Ana Luísa Alessandrini e João Francisco Neto, está entre os filmes selecionados para participar do 16º Festival de Cinema de Ouro Preto – CineOP, que acontecerá entre os dias 24 e 28 de junho, de forma on-line.

O curta retrata a história de Marie, uma pequena estudante de balé, que é a mais desajeitada da turma e o olhar repreensivo de sua professora a desanima. Um dia, porém, ela recebe uma caixinha de música de presente de uma senhora na rua. Ao chegar em casa e dar corda, a pequena bailarina que girava dentro da caixinha toma vida e vira uma menina de verdade. Com o tempo, as duas se tornam amigas e a menina que estava na caixinha ajuda Marie a dançar melhor e a ter mais confiança. Mas nem tudo é o que parece e logo Marie descobre que a Caixinha guarda um segredo cruel.

“Ficamos honrados com a nossa seleção e estamos muito felizes por ter nosso trabalho reconhecido por um festival que valoriza a cultura e o patrimônio brasileiro. Esperamos que nosso curta possa inspirar outras pessoas a se interessar por animação e balé, da mesma forma que outros filmes nos fizeram ter interesse por esses temas”, comemora a equipe do filme.

Outro curta-metragem, “Paloma”, dirigido pelo aluno de Animação Alex Reis, foi selecionado para o Festival Internacional de Animação de Curitiba, que será realizado também de forma remota entre os dias 23 e 27 de setembro de 2021.

“Estou muito feliz em participar do Animatiba. Bom demais ver “Paloma” alçando voos mais altos e distantes”, celebra o diretor do filme.

A história narrada pelo curta se passa na Praça da Se´, em Sa~o Paulo, onde Paloma – uma pomba como qualquer outra – engole um chip de celular e ganha consciência. Mas o que era para ser uma bênção acaba revelando algo terrível: ela, assim como todas as pombas, sempre comeu restos. Diante disso, Paloma vai atrás de justiça para as pombas e, ao lado de Pru, descobre mais sobre quem se tornou e o seu lugar entre os humanos, ratos e demais habitantes da cidade.

Já os filmes de animação “Bob Cuspe – nós não gostamos de gente” e “Meu Tio José” foram indicados para o festival ANNECY, considerado o mais importante evento de animação do mundo.

Os curtas contaram com a participação das alunas de Animação da FAAP Lena Araújo e Carolina Assaf, respectivamente, que trabalharam como estagiárias durante a produção do filme.

“Foi meu primeiro estágio e o primeiro filme em que trabalhei. Eu agradeço muito a confiança que os donos do estúdio tiveram em mim, pois fiz e aprendi tanta coisa que a forma como eu trabalho atualmente mudou depois de “Meu Tio José”. Espero que todo mundo se emocione como eu me emocionei quando li o roteiro pela primeira vez”, comenta Carolina Assaf.

“Meu Tio José” é baseado em fatos reais e conta, pelo olhar de uma criança, a história de um ex-guerrilheiro morto na ditadura militar. A produção foi escrita e dirigida por Ducca Rios e tem voz original de atores como Wagner Moura e Tonico Pereira.

Já “Bob Cuspe – Não Gostamos de Gente” é uma animação stop-motion que mistura documentário, comédia e road-movie. Traz a história do personagem Bob Cuspe, um velho punk tentando escapar de um deserto pós-apocalíptico que é na verdade um purgatório dentro da mente de seu criador, Angeli, um cartunista passando por uma crise criativa.

Para Lena Araújo, que foi assistente de edição de vídeo no filme, a experiência também foi gratificante. “Foi um prazer imenso trabalhar ao lado de gigantes da animação stop motion do Brasil. Com eles, aprendi lições valiosas que levarei em todos os meus projetos. O stop motion é uma paixão que começou na FAAP e, graças aos conhecimentos adquiridos em sala de aula, pude participar desse filme”, destaca a estudante.

 

Paloma (Paloma)

Informações do filme (Movie Information)

Duração(lenght) – 7’35”

Exibição (Exhibition) – 16:9

Bitola (filmed) – Digital

Cor (Color) – Color.

Ano (Year) – 2020

Tipo (type) – Curta/Short

Gênero(genre) – Animação/ Animation

 

Ficha Técnica (Cast and Crew)

Direção (Director) – Alex Reis

Roteiro (Screenplay) – Alex Reis, Laura MC, Henrique de Paula, Luiza Azevedo, Luiz Moura

Produção Executiva (Executive Production) -Alex Reis e Lena Araujo

Direção de Produção (Production) -Lena Araujo e Victor Morelli

Fotografia (Cinematography) – Diego Pirata

Montagem (Editing) – Alex Reis e Laura MC

Som (Sound) – Kim Manso

Trilha Sonora (Music) -Alex Reis e Kim Manso

Arte (Art Direction) – Juliana Nascimento e Rafael Santos

Direção de Animação (Animation) – Helen Okuma

Cenários (Scenarios) -Juliana Britto, Vitória Abreu, Marcella Carvalho, Vitória Misae, Victor Morelli

Design de Personagens (Character Design) -Juliana Nascimento e Helen Okuma

Props – Juliana Nascimento e Marcella Carvalho

Elenco (Cast) – Helen Okuma e Jessyca Rianho

 

Caixinha de Música (The Music Box)

Informações do filme (Movie Information)

Duração(lenght)- 9’38”

Exibição(Exhibition)- 16:9

Bitola(filmed)- Digital

Cor(Color)- Color.

Ano(Year)- 2021

Tipo(type)- Curta/Short

Gênero(genre)- Animação/Animation

 

Ficha Técnica (Cast and Crew)

Direção (Director)- Ana Carolina do Monte

Roteiro (Screenplay) -Ana Carolina do Monte, Ana Luisa Alessandri Torres e João Francisco Neto

Produção (Production) -Ana Luisa Alessandri Torres

Fotografia (Cinematography)- Ana Carolina do Monte, Ana Luisa Alessandri Torres e João Francisco Neto

Montagem (Editing)- Ana Luisa Alessandri TorresSom (Sound)Ana Luisa Alessandri Torres

Direçao de Arte (Art Director) -Ana Carolina do Monte, Ana Luisa Alessandri Torres e João Francisco Neto

Trilha Sonora (Music)- Ana Luisa Alessandri Torres, Eubulo Jar’ol, Nathalia Rocha SilvaDireção de Animação (Animation Director)- João Francisco Neto

Cenários (Scenarios)- João Francisco Neto e Ana Luisa Alessandri Torres

Design de Personagens (Props)- Ana Carolina do Monte, Ana Luisa Alessandri TorresAssistente de Arte e Animação (Movie Assistants)-Antônio de Paula Souza Masetti, Camila Del Zotto Camargo, Ana Araújo Suzin, Alexandra Choque Casallo

Consultoria de Balét (Ballet Consultant) -Victória Silvestre e Bel A. Paula Souza

Animação na FAAP

Inscreva-se

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP


Na FAAP

Semana de “Encontros de Comunicação, Entretenimento e Negócios” na FAAP recebe Juliana Lobo, diretora de arte da TV Globo

Durante a semana de “Encontros de Comunicação, Entretenimento e Negócios” realizada na FAAP entre os dias 24 e 27 de outubro de 2023, a renomada ex-aluna Juliana Lobo, diretora de arte e cenógrafa da TV Globo, compartilhou sua inspiradora trajetória profissional com os alunos do curso de Produção Audiovisual.   A visita de Juliana Lobo foi marcada por um encontro especial conduzido pelo professor e coordenador de Produção Audiovisual, Edson Gardin. No evento, os alunos tiveram a oportunidade de assistir a um episódio de “Falas da Vida – Histórias (Im)Possíveis”, da TV Globo, seguido por um bate-papo com a profissional. O objetivo principal foi proporcionar aos estudantes uma compreensão mais ampla das tendências, desafios e oportunidades enfrentados pelo mercado de comunicação e entretenimento atualmente, além de possibilitar a interação direta com especialistas da área.  A Trajetória de Juliana Lobo: Uma Experiência FAAP de Sucesso   Juliana Lobo é ex-aluna da FAAP, formada em Design em 2005. Possui também um mestrado em Cinema Alternativo pela EICTV (2018) e formação em Cenografia pelo curso de JC Serroni (2003). Seu currículo inclui trabalhos recentes como diretora de arte em longas-metragens premiadas internacionalmente, como “Meu nome é Gal”, “Três Tigres Tristes”, e “Todos os Mortos”.   Além disso, Juliana é a mente por trás da direção de arte de séries notáveis, como “Histórias (Im)Possíveis” (TV Globo e Globoplay), “(Des)encontros” (Netflix) e “Fim do Mundo” (Canal Brasil). Sua contribuição para diversos projetos cinematográficos, incluindo “Joaquim” e “Que Horas ela Volta”, destaca a versatilidade e excelência de sua expertise na área.   FAAP: O Hub do Conhecimento no Audiovisual   O encontro com Juliana Lobo reforça a posição da FAAP como um verdadeiro hub de conhecimento e networking no campo audiovisual. A instituição orgulha-se de receber personalidades renomadas, como Juliana, proporcionando aos alunos uma experiência enriquecedora e inspiradora.   Vale ressaltar que a FAAP possui nota máxima (5) no MEC para o curso de Produção Audiovisual, reforçando seu compromisso em formar profissionais de destaque no cenário audiovisual. A instituição proporciona uma formação abrangente, abrindo portas para inúmeras possibilidades de carreira e promovendo a interdisciplinaridade entre diferentes cursos de graduação.   O caso de Juliana Lobo é um exemplo de como a FAAP, por meio de sua excelência acadêmica e programas eletivos, prepara seus alunos para trilharem trajetórias de sucesso nas mais diversas funções dentro da produção

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter