CONCURSO DE MODA DA FAAP ANUNCIA VENCEDORES EM DESFILE NO TEATRO FAAP – 5 DE NOVEMBRO – ASSISTA AO VIVO PELA TV FAAP

CATEGORIA


DATA


COMPARTILHE


A espera para conhecer a coleção vencedora do FAAP Moda, concurso interno da Faculdade Armando Alvares Penteado, está chegando ao fim. A grande final está marcada para o dia 5 de novembro, a partir das 21h, com a participação de grandes nomes do mundo da moda nacional e internacional.

O corpo de jurados dessa edição será formado apenas por mulheres, assim como as seis finalistas do concurso. Já estão confirmadas Ana Claudia Michels, Camila Espinosa, Carol Ribeiro, Carol Vassone, Fernanda Niemeyer, Gloria Coelho, Helena Lunardelli, Helena Montanarini, Isabela Fiorentino, Lilli Teddi, Lily Sarti, Manu Gavassi, Maria Rita Alonso, Rafaela Caniello, Renata Alhadeff, Renata Sarti, Susana Barbosa e Vivian Whitemam.

As juradas terão a difícil missão de escolher a coleção vencedora da noite a partir de critérios que vão da qualidade das produções e dos tecidos à materialização da ideia e apresentação da coleção. Haverá, ainda, a coleção escolhida pela votação do público, que poderá participar baixando o aplicativo do FAAP Moda, disponível para download, gratuito, nas versões IOs e Android. O desfile poderá ser acompanhado ao vivo pela TV FAAP (www.faap.br/tvfaap).

 

Finalistas

As seis alunas finalistas do FAAP Moda participam pela primeira vez do concurso. As coleções foram selecionadas com base no conceito de criação, na possibilidade de execução da peça e na escolha dos tecidos e materiais para confecção. Com a ajuda de profissionais da área, as jovens estilistas tiveram quatro meses para desenvolver as peças, além de pensar em todo o processo do desfile, incluindo modelos, música, entre outras características.

 

Conexão universidade e mercado

Lançado em 2004, o concurso FAAP Moda foi um sucesso imediato e, a cada ano, torna-se uma plataforma de lançamento de profissionais de qualidade com grandes nomes envolvidos, como diretores de arte, stylists, DJs e mídia especializada. O principal objetivo da ação é fazer a conexão entre alunos criativos e profissionais consagrados, envolvendo todas as etapas e processos de construção e apresentação de uma coleção.

 

O FAAP Moda foi idealizado pelo curso de Moda da FAAP e pelas ex-alunas e organizadoras Renata Paternostro e Marianna Dal Canton. Os estudantes são selecionados com base em projetos/croquis apresentados inicialmente para uma banca de professores. A segunda etapa envolve professores da FAAP e profissionais de mercado. Já na terceira e última fase, em que as coleções são apresentadas em um desfile, cabe aos profissionais que compõem a comissão de jurados escolherem os três primeiros colocados. Há ainda o vencedor escolhido pela votação do público.

 

Conheça as coleções finalistas:

 

Da terra ao corpo – de Sabrina Rutowitcz

A coleção surgiu a partir da reflexão sobre como se enxerga as próprias riquezas e a vontade de expor as raízes culturais sob uma nova perspectiva, elevando o status que une a ancestralidade do artesanato com a modernidade de shapes. Os looks apresentam processos manuais sofisticados, bordados minuciosos com sementes de acácia e coco, além de pedras naturais da região amazônica, cristais Swarovski e flores de seda. Todas as peças foram elaboradas a partir da técnica francesa Lunéville. A estudante utiliza tecidos naturais como a ráfia, juta e fibras de patchouli forrados com 100% linho, tingimentos trabalhados artesanalmente e acabamentos com botões de ráfia.

 

Epifania – de Bia Nardini

Coleção autobiográfica que veio à tona após a estudante passar por um doloroso processo de depressão. É inspirada nas séries “Ausência”, “Nostalgia” e “Brinca com Fogo”, do artista Lucas Simões. As peças foram construídas a partir de armações feitas de barbatana de aço que se assemelham a “gaiolas” e evocam a ideia do corpo aprisionado em si mesmo – materializando o sentimento que ficou marcado no passado.

 

Excesso Conexo – de Louise Coutinho

A aluna criou uma coleção a partir de sua leitura pessoal sobre a saúde mental diante do excesso de informação que impacta o ser humano nos dias de hoje. Ela investigou a partir da leitura do livro “A Geração Superficial”. A coleção possui sobreposições de forma contundente, criando looks que se apresentam com inúmeras camadas, refletindo o que é excedente. As composições, muitas vezes, ganham dimensões que indagam o olhar. Os excessos também são explorados por meio da volumetria que é acentuada pelas múltiplas aplicações em formato de post-its.

 

Flesh and Bones – de Viktoria Ezequiel

A coleção é inspirada no fascínio, complexidade e perfeicça~o da anatomia humana combinados à impactante obra do pintor Francis Bacon. A estudante percorreu as páginas de um antigo livro intitulado “Estudio de Los Huesos”, que discorre sobre a estrutura do corpo humano. A coleção chama a atenção para as construções instigantes do body, bermuda, hot pant e coletes, que exibem um trabalho minucioso de tiras vazadas finalizadas com rebite, além de plissados irregulares que criam movimento intenso. As mangas superalongadas sugerem deformações em alusão à obra de Francis Bacon.

 

Geleia Geral – de Ana Clara Watanabe

Coleção masculina que busca compreender a formação do movimento Tropicalista a partir do conceito da Antropofagia proposto pelo poeta paulistano Oswald de Andrade. Os seis looks exibem silhuetas supervolumosas, que brincam com a abstração do corpo e são favorecidas pela estrutura corporal robusta dos homens. A paleta de cores é composta por um mix de tons vivos, neon, que se misturam à coloração opaca, na qual aparece o branco transparente.

 

Metamorfose – de Maria Eugenia Albuquerque Boccuto

A coleção é inspirada na obra do artista ganense “El Anatsui”. A estudante utiliza técnica manual para se debruçar no aspecto sensorial e explorar texturas que são constituídas de diferentes matérias-primas como o algodão, a lã, a viscose e o plástico. A coleção apresenta silhuetas alongadas nada óbvias, em que cada look traz sempre a ideia de mesclar materiais em um jogo assimétrico criativo, no qual camadas alternadas por tecidos lisos e elaborados no tear se sobrepõem de forma elegante – ora revelando ora ocultando partes da vestimenta e do corpo como os braços.

 

Ficha técnica FAAP Moda 2019:

Direção de produção: Marianna Dal Canton e Renata Paternostro

Direção de estilo (1ª fase): Lorenzo Merlino e Monayna Pinheiro

Styling: Mauricio Ianês

Direção de desfile: Roberta Marzolla

Assistente de Direção e Produção Executiva: Diego Casmurro

Direção de casting: Alexandre Queiróz e Roberta Marzolla

Direção musical: Max Blum

Beauty: Fabiana Gomes – M.A.C Cosmetics e Robert Estevão

Direção Musical : Max Blum

Programação visual: M&Co Creative Studio

Programação de vídeos: Manilha Filmes

 

16ª edição do FAAP Moda

Data: 05/11 (terça-feira)

Horário: a partir das 20h30

Local: Teatro FAAP

Endereço: Rua Alagoas, 903 – Higienópolis

 

Para assistir ao vivo pela Internet:

Endereço: http://www.faap.br/tvfaap

Horário do desfile: a partir das 21h

 

 

 


DATA



CATEGORIA


COMPARTILHE

COMPARTILHE

A espera para conhecer a coleção vencedora do FAAP Moda, concurso interno da Faculdade Armando Alvares Penteado, está chegando ao fim. A grande final está marcada para o dia 5 de novembro, a partir das 21h, com a participação de grandes nomes do mundo da moda nacional e internacional.

O corpo de jurados dessa edição será formado apenas por mulheres, assim como as seis finalistas do concurso. Já estão confirmadas Ana Claudia Michels, Camila Espinosa, Carol Ribeiro, Carol Vassone, Fernanda Niemeyer, Gloria Coelho, Helena Lunardelli, Helena Montanarini, Isabela Fiorentino, Lilli Teddi, Lily Sarti, Manu Gavassi, Maria Rita Alonso, Rafaela Caniello, Renata Alhadeff, Renata Sarti, Susana Barbosa e Vivian Whitemam.

As juradas terão a difícil missão de escolher a coleção vencedora da noite a partir de critérios que vão da qualidade das produções e dos tecidos à materialização da ideia e apresentação da coleção. Haverá, ainda, a coleção escolhida pela votação do público, que poderá participar baixando o aplicativo do FAAP Moda, disponível para download, gratuito, nas versões IOs e Android. O desfile poderá ser acompanhado ao vivo pela TV FAAP (www.faap.br/tvfaap).

 

Finalistas

As seis alunas finalistas do FAAP Moda participam pela primeira vez do concurso. As coleções foram selecionadas com base no conceito de criação, na possibilidade de execução da peça e na escolha dos tecidos e materiais para confecção. Com a ajuda de profissionais da área, as jovens estilistas tiveram quatro meses para desenvolver as peças, além de pensar em todo o processo do desfile, incluindo modelos, música, entre outras características.

 

Conexão universidade e mercado

Lançado em 2004, o concurso FAAP Moda foi um sucesso imediato e, a cada ano, torna-se uma plataforma de lançamento de profissionais de qualidade com grandes nomes envolvidos, como diretores de arte, stylists, DJs e mídia especializada. O principal objetivo da ação é fazer a conexão entre alunos criativos e profissionais consagrados, envolvendo todas as etapas e processos de construção e apresentação de uma coleção.

 

O FAAP Moda foi idealizado pelo curso de Moda da FAAP e pelas ex-alunas e organizadoras Renata Paternostro e Marianna Dal Canton. Os estudantes são selecionados com base em projetos/croquis apresentados inicialmente para uma banca de professores. A segunda etapa envolve professores da FAAP e profissionais de mercado. Já na terceira e última fase, em que as coleções são apresentadas em um desfile, cabe aos profissionais que compõem a comissão de jurados escolherem os três primeiros colocados. Há ainda o vencedor escolhido pela votação do público.

 

Conheça as coleções finalistas:

 

Da terra ao corpo – de Sabrina Rutowitcz

A coleção surgiu a partir da reflexão sobre como se enxerga as próprias riquezas e a vontade de expor as raízes culturais sob uma nova perspectiva, elevando o status que une a ancestralidade do artesanato com a modernidade de shapes. Os looks apresentam processos manuais sofisticados, bordados minuciosos com sementes de acácia e coco, além de pedras naturais da região amazônica, cristais Swarovski e flores de seda. Todas as peças foram elaboradas a partir da técnica francesa Lunéville. A estudante utiliza tecidos naturais como a ráfia, juta e fibras de patchouli forrados com 100% linho, tingimentos trabalhados artesanalmente e acabamentos com botões de ráfia.

 

Epifania – de Bia Nardini

Coleção autobiográfica que veio à tona após a estudante passar por um doloroso processo de depressão. É inspirada nas séries “Ausência”, “Nostalgia” e “Brinca com Fogo”, do artista Lucas Simões. As peças foram construídas a partir de armações feitas de barbatana de aço que se assemelham a “gaiolas” e evocam a ideia do corpo aprisionado em si mesmo – materializando o sentimento que ficou marcado no passado.

 

Excesso Conexo – de Louise Coutinho

A aluna criou uma coleção a partir de sua leitura pessoal sobre a saúde mental diante do excesso de informação que impacta o ser humano nos dias de hoje. Ela investigou a partir da leitura do livro “A Geração Superficial”. A coleção possui sobreposições de forma contundente, criando looks que se apresentam com inúmeras camadas, refletindo o que é excedente. As composições, muitas vezes, ganham dimensões que indagam o olhar. Os excessos também são explorados por meio da volumetria que é acentuada pelas múltiplas aplicações em formato de post-its.

 

Flesh and Bones – de Viktoria Ezequiel

A coleção é inspirada no fascínio, complexidade e perfeicça~o da anatomia humana combinados à impactante obra do pintor Francis Bacon. A estudante percorreu as páginas de um antigo livro intitulado “Estudio de Los Huesos”, que discorre sobre a estrutura do corpo humano. A coleção chama a atenção para as construções instigantes do body, bermuda, hot pant e coletes, que exibem um trabalho minucioso de tiras vazadas finalizadas com rebite, além de plissados irregulares que criam movimento intenso. As mangas superalongadas sugerem deformações em alusão à obra de Francis Bacon.

 

Geleia Geral – de Ana Clara Watanabe

Coleção masculina que busca compreender a formação do movimento Tropicalista a partir do conceito da Antropofagia proposto pelo poeta paulistano Oswald de Andrade. Os seis looks exibem silhuetas supervolumosas, que brincam com a abstração do corpo e são favorecidas pela estrutura corporal robusta dos homens. A paleta de cores é composta por um mix de tons vivos, neon, que se misturam à coloração opaca, na qual aparece o branco transparente.

 

Metamorfose – de Maria Eugenia Albuquerque Boccuto

A coleção é inspirada na obra do artista ganense “El Anatsui”. A estudante utiliza técnica manual para se debruçar no aspecto sensorial e explorar texturas que são constituídas de diferentes matérias-primas como o algodão, a lã, a viscose e o plástico. A coleção apresenta silhuetas alongadas nada óbvias, em que cada look traz sempre a ideia de mesclar materiais em um jogo assimétrico criativo, no qual camadas alternadas por tecidos lisos e elaborados no tear se sobrepõem de forma elegante – ora revelando ora ocultando partes da vestimenta e do corpo como os braços.

 

Ficha técnica FAAP Moda 2019:

Direção de produção: Marianna Dal Canton e Renata Paternostro

Direção de estilo (1ª fase): Lorenzo Merlino e Monayna Pinheiro

Styling: Mauricio Ianês

Direção de desfile: Roberta Marzolla

Assistente de Direção e Produção Executiva: Diego Casmurro

Direção de casting: Alexandre Queiróz e Roberta Marzolla

Direção musical: Max Blum

Beauty: Fabiana Gomes – M.A.C Cosmetics e Robert Estevão

Direção Musical : Max Blum

Programação visual: M&Co Creative Studio

Programação de vídeos: Manilha Filmes

 

16ª edição do FAAP Moda

Data: 05/11 (terça-feira)

Horário: a partir das 20h30

Local: Teatro FAAP

Endereço: Rua Alagoas, 903 – Higienópolis

 

Para assistir ao vivo pela Internet:

Endereço: http://www.faap.br/tvfaap

Horário do desfile: a partir das 21h

 

 

 

Cursos Livres e Idiomas FAAP 2024

Confira a lista de cursos

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP


Relações Internacionais

Fernanda Magnotta compõe o grupo Global Fellows do Wilson Center

A professora Fernanda Magnotta, coordenadora do curso de Relações Internacionais da FAAP e liderança à frente do BIA, o novo programa na área de negócios da instituição, acaba de ser convidada para compor o seleto grupo de “Global Fellows” do Wilson Center, de Washinton, DC. Trata-se de um dos mais poderosos think tanks do mundo e dos maiores dos Estados Unidos. Esse gesto reconhece a Profa. Magnotta como uma liderança intelectual no Brasil e a inclui como parte de uma das redes de relacionamento mais prestigiadas do planeta. Fernanda é prata da casa. Graduou-se na FAAP, em 2009, tornou-se parte do corpo docente ainda como “jovem professora”, em 2010, e ocupa a coordenação do curso de Relações Internacionais desde 2013. Ao todo, já são 14 anos de docência e dedicação a inúmeros projetos. Fernanda tem mestrado e doutorado na área, é especialista em política dos EUA, com foco nas relações entre EUA-China-América Latina. Seu trabalho inclui publicações acadêmicas e artigos de opinião especializados com circulação em diferentes idiomas. Já foi consultora da Comissão de Relações Internacionais da OAB, em São Paulo, e atualmente é Senior Fellow do CEBRI, do Rio de Janeiro. Além disso, contribui regularmente como colunista para o Portal UOL e para a Rádio CBN. Reconhecida internacionalmente, liderou a delegação da Cúpula da Juventude do G20 do Brasil na China, e observou as eleições dos EUA de 2016 em Ohio, convidada pela Embaixada dos EUA. Selecionada para o Programa W30 da UCLA em 2017, está entre os top 30 em gestão acadêmica global. Recebeu uma concorrida bolsa Fulbright para realizar pesquisa na University of Southern California em 2022. Suas análises aparecem nos principais meios de comunicação no Brasil, nos EUA e na Europa frequentemente. Magnotta é palestrante regular de cursos e treinamentos para diplomatas e oficiais militares, lidera projetos envolvendo autoridades, pesquisadores e o setor privado principalmente no Brasil e nos Estados


Na FAAP

B-Hub anuncia nova fase com lançamento de produtos e serviços

O Centro de Empreendedorismo da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), o B-Hub, se prepara para entrar em uma nova fase. O espaço, conhecido por sua dedicação ao empreendedorismo, agora oferece uma variedade de serviços e mentorias especializadas, além de apresentar uma equipe de professores renomados prontos para orientar e impulsionar ideias únicas. Novos Serviços e Professores: Transformando Ideias em Oportunidades O programa “START” oferece uma oportunidade de transformar ideias em ações concretas. Composto por 6 encontros, a equipe do FAAP Business Hub guiará os participantes na jornada de iniciar, organizar e priorizar projetos. Início: 05 de marçoQuando: Terças e quintas | das 14h às 16h30 Este curso gratuito é exclusivo para alunos e válido como atividade complementar. As vagas são limitadas! Inscreva-se clicando aqui. Para os momentos em que um projeto trava, o B-Hub oferece mentorias personalizadas com professores especialistas. Seja em encontros presenciais ou on–line, essas mentorias são projetadas para desbloquear ideias e proporcionar insights para alunos e ex-alunos. Entre em contato com a equipe para agendar a sua mentoria. O programa “FAABRICA” é destinado ao desenvolvimento de business plans, planos de marketing e protótipos, fornecendo suporte fundamental para projetos em estágios iniciais. Uma equipe de professores estará à disposição dos interessados: Marcelo de Almeida Westermann – Arquitetura e DesignJulio Cesar de Freitas – DesignMayara Ferreira Longuini – DireitoJosé Sarkis Arakelian – AdministraçãoMarco Antônio Di Lorenzi Andreoni – Artes, Design e Moda B-Hub – O Espaço para Desenvolvimento de Projetos Além de apresentar os novos produtos e serviços, é importante destacar que o B-Hub é um espaço dedicado ao desenvolvimento de projetos. Seja dando os primeiros passos na jornada empreendedora ou buscando aprimoramento para projetos já existentes, o B-Hub continua a ser o ambiente propício para o crescimento e inovação. Com estes novos projetos, o B-Hub reafirma seu compromisso em ser um catalisador para o empreendedorismo na comunidade FAAP e no

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter