ALUNA DO CURSO DE ARQUITETURA DA FAAP PARTICIPA DA EXPOSIÇÃO ELEPHANT PARADE

CATEGORIA


DATA


COMPARTILHE



DATA



CATEGORIA


COMPARTILHE

COMPARTILHE

Quem passar pela Rua Fradique Coutinho – na altura do número 900, em frente à Livraria da Vila, no bairro da Vila Madalena, em São Paulo – poderá apreciar a escultura da estudante do curso de Arquitetura da FAAP, Luiza Augone Felipe.

Trata-se do elefante Maspiano, que foi selecionado para participar da exposição de arte Elephant Parade, uma dos maiores do mundo, composta por dezenas de esculturas decoradas por artistas locais, que transformam o ambiente urbano em uma galeria a céu aberto. A obra é uma homenagem à arquiteta modernista ítalo-brasileira, Lina Bo Bardi, idealizadora do Museu de Arte de São Paulo (MASP).

O elefante bebê da Luiza foi desenvolvido em fibra de vidro e pintado com tinta acrílica. A imagem do museu acompanha o passo do elefante e se adequa ao seu formato arredondado, se estendendo pelas laterais e costas.

O processo de criação começou no fim de 2016, quando foram selecionados 200 projetos, entre os 400 inscritos. Viraram esculturas e os primeiros 85 que conseguiram patrocínio tiveram espaço nas ruas.

Mercado e comportamento no Século XXI

Garanta sua vaga

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP


Comunicação e Audiovisual

FAAPCast | Ex-aluno conta sobre sua trajetória e conquistas no mundo de games  

Apresentado por Ana Júlia Ribeiro, o FAAPCast recebeu esta semana Rodrigo Terra, ex-aluno de Rádio e TV da FAAP, que compartilhou detalhes sobre sua trajetória desde os primeiros passos na universidade até as conquistas que o tornaram uma referência no cenário internacional.  Ao entrar na FAAP, Terra encontrou o ambiente propício para explorar sua curiosidade e múltiplos interesses. Fascinado pelos bastidores e pela parte técnica da produção audiovisual, percebeu a importância de compreender todo o processo para se destacar no mercado. Sua atuação como aluno da FAAP já mostrava sua habilidade em conectar pessoas e conteúdos, preparando o terreno para seu futuro.   A história de Rodrigo é marcada por uma série de experiências enriquecedoras, incluindo estágios em televisão, iniciação científica na FAAP e trabalhos freelancers em diversas empresas. Essas experiências culminaram na fundação da produtora FAZENDA URBANA, ao lado de seu irmão, consolidando sua posição no mercado audiovisual brasileiro.   No entanto, o ápice de sua carreira veio com o reconhecimento internacional. Terra tornou-se o primeiro brasileiro a receber um prêmio no Festival de Veneza, com sua obra “The Line”, uma mistura inovadora de instalação artística e narrativa de games, que também foi premiada com um EMMY.   Hoje, Rodrigo é cofundador da ARVORE e presidente da Abragames, e a conversa com ele abordou desde sua visão sobre conteúdo até suas reflexões sobre a essência humana, proporcionando aos ouvintes uma experiência inspiradora.  Para aqueles que desejam entender os bastidores do sucesso e as complexidades do mercado de entretenimento, este episódio do FAAPCast está disponível em nosso canal no

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter