II Simpósio de Arquitetura e Urbanismo da FAAP recebe Jô Vasconcelos para falar sobre o papel das mulheres na arquitetura brasileira


DATA


COMPARTILHE


O evento também contará com a presença de Luis Espallargas Gimenez, Bianca Antunes e Simone Sayegh 


Com o tema “50 anos de Aprendendo com Las Vegas”, um dos mais importantes livros sobre desenvolvimento urbano, mobilidade, comunicação visual, arquitetura e história, o II Simpósio de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário FAAP será realizado de 17 a 20 de outubro, das 17 às 19h30.

Além de discutir a relevância histórica e contemporânea da obra, que em 2022 completa 50 anos, o Simpósio busca destacar e discutir o papel das mulheres no debate arquitetônico da segunda metade do século XX, a partir de uma das autoras do livro, Denise Scott Brown, e de uma das mais importantes arquitetas brasileiras, Jô Vasconcellos.

Na mesa de abertura do evento, em 17 de outubro, às 17h, estarão presentes os professores Márcio Coelho, Heloísa Dallari e João Sodré, cujas pesquisas estão ligadas ao livro que deu tema ao evento. A mediação será do coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo da FAAP, Marcos Costa. 

Para falar sobre o papel das mulheres no campo da arquitetura e urbanismo, em 18 de outubro, a jornalista e mestra em Desenvolvimento Urbano e Cooperação Internacional, Bianca Antunes, e a arquiteta Simone Sayegh, farão a composição da mesa que terá mediação da professora Heloísa Dallari. As duas painelistas são fundadoras da Pistache Editorial, responsável por diversas publicações do setor e do jogo de cartas Super Arquitetas, que reúne histórias de 32 arquitetas.

Em 19 de outubro, um dos mais importantes historiadores da arquitetura e urbanismo do Brasil, o professor Luis Espallargas Gimenez é o convidado da mesa, com mediação do professor Roberto Fialho.

Em 20 de outubro, Jô Vasconcellos, participará, via Zoom, para discutir o papel das mulheres no debate arquitetônico da segunda metade do século XX. Jô é especialista em Restauração e Conservação de Monumentos e Conjuntos Históricos, foi selecionada pela ArchDaily entre as arquitetas que mais se destacam no mundo pela excelência de suas obras, além de ter participado do projeto de restauro e intervenção da Capela de Bento Rodrigues, em Mariana, Minas Gerais. A mediação será também do professor Roberto Fialho. 

O evento presencial será aberto ao público, mediante inscrição. 

Os alunos receberão certificado de participação como atividade complementar. 

II Simpósio de Arquitetura e Urbanismo da FAAP 

Data: de 17 a 20 de outubro 

Horário: das 17 às 19h30 

Local: auditório 2, prédio 3 (Rua Alagoas, 903 – Higienópolis) 

Inscrições para alunos: https://central.faap.br/inscricaoonline/eventos/EventoIdentificacao.aspx?curso=E00582/22 

Inscrições para público externo:

https://central.faap.br/inscricaoonline/eventos/EventoIdentificacao.aspx?curso=E00581/22


COMPARTILHE

COMPARTILHE

O evento também contará com a presença de Luis Espallargas Gimenez, Bianca Antunes e Simone Sayegh 


Com o tema “50 anos de Aprendendo com Las Vegas”, um dos mais importantes livros sobre desenvolvimento urbano, mobilidade, comunicação visual, arquitetura e história, o II Simpósio de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário FAAP será realizado de 17 a 20 de outubro, das 17 às 19h30.

Além de discutir a relevância histórica e contemporânea da obra, que em 2022 completa 50 anos, o Simpósio busca destacar e discutir o papel das mulheres no debate arquitetônico da segunda metade do século XX, a partir de uma das autoras do livro, Denise Scott Brown, e de uma das mais importantes arquitetas brasileiras, Jô Vasconcellos.

Na mesa de abertura do evento, em 17 de outubro, às 17h, estarão presentes os professores Márcio Coelho, Heloísa Dallari e João Sodré, cujas pesquisas estão ligadas ao livro que deu tema ao evento. A mediação será do coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo da FAAP, Marcos Costa. 

Para falar sobre o papel das mulheres no campo da arquitetura e urbanismo, em 18 de outubro, a jornalista e mestra em Desenvolvimento Urbano e Cooperação Internacional, Bianca Antunes, e a arquiteta Simone Sayegh, farão a composição da mesa que terá mediação da professora Heloísa Dallari. As duas painelistas são fundadoras da Pistache Editorial, responsável por diversas publicações do setor e do jogo de cartas Super Arquitetas, que reúne histórias de 32 arquitetas.

Em 19 de outubro, um dos mais importantes historiadores da arquitetura e urbanismo do Brasil, o professor Luis Espallargas Gimenez é o convidado da mesa, com mediação do professor Roberto Fialho.

Em 20 de outubro, Jô Vasconcellos, participará, via Zoom, para discutir o papel das mulheres no debate arquitetônico da segunda metade do século XX. Jô é especialista em Restauração e Conservação de Monumentos e Conjuntos Históricos, foi selecionada pela ArchDaily entre as arquitetas que mais se destacam no mundo pela excelência de suas obras, além de ter participado do projeto de restauro e intervenção da Capela de Bento Rodrigues, em Mariana, Minas Gerais. A mediação será também do professor Roberto Fialho. 

O evento presencial será aberto ao público, mediante inscrição. 

Os alunos receberão certificado de participação como atividade complementar. 

II Simpósio de Arquitetura e Urbanismo da FAAP 

Data: de 17 a 20 de outubro 

Horário: das 17 às 19h30 

Local: auditório 2, prédio 3 (Rua Alagoas, 903 – Higienópolis) 

Inscrições para alunos: https://central.faap.br/inscricaoonline/eventos/EventoIdentificacao.aspx?curso=E00582/22 

Inscrições para público externo:

https://central.faap.br/inscricaoonline/eventos/EventoIdentificacao.aspx?curso=E00581/22


DATA


Desafio Salvador Dalí: Uma exposição surreal na FAAP

Comprar Ingresso

Outras notícias que você também pode gostar

Você está vendo:

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Arquitetura e Urbanismo

Alunos de Arquitetura visitam obras da Linha Verde do Metrô

Ontem, dia 05/06, os alunos do curso de Arquitetura do 4º e 8º semestres da FAAP participaram de uma visita às obras de expansão da linha 2-Verde do Metrô, no Complexo Rapadura, localizado na Zona Leste da capital. A atividade em campo proporcionou uma experiência prática para os futuros arquitetos compreenderem melhor o funcionamento de uma grande obra metropolitana. Acompanhados pelos professores Nuno Fonseca, Sérgio Sandler e Marcos Costa, do curso de Arquitetura e Urbanismo, os alunos foram recebidos pela equipe do Consórcio da Linha 2, responsável pela execução do projeto. Durante a visita, os alunos assistiram a uma palestra sobre a história do Metrô de São Paulo e os detalhes da obra em andamento. Eles também tiveram a oportunidade de conhecer a maior tuneladora da América do Sul, popularmente conhecida como “tatuzão”, com capacidade de escavar 16,5 metros de túnel, por dia, utilizando ferramentas cortantes e pressão. Após cada pequeno trecho escavado, a máquina para e são instalados segmentos de concreto que revestem o túnel. A expansão da malha metroviária traz diversos benefícios sociais de locomoção para a população, além de um retorno ecológico e a redução do trânsito. Dessa forma, a visita técnica contribuiu para os estudantes adquirirem um entendimento mais abrangente de uma grande obra, alinhando-se ao propósito do curso de Arquitetura da FAAP, que visa proporcionar uma formação completa e global para os futuros


Arquitetura e Urbanismo

FAAPCAST | Ex-aluna fala sobre sua trajetória no Desenvolvimento Urbano

Apresentado pela professora Ana Julia Ribeiro, o FAAPCAST recebeu, nesta quarta-feira, a ex-aluna de Arquitetura e Urbanismo, Ana Clara Gurgel. Explorando a dinâmica social dos espaços urbanos e o crescimento das cidades, Ana Clara Gurgel concentra seus estudos acadêmicos em temas cruciais para o desenvolvimento urbano. Seu trabalho de conclusão de curso foca na conexão territorial entre os municípios de São Paulo, São Caetano e Santo André, com a elaboração de um Plano de Intervenção Urbana (PIU) e a criação de um parque linear. O objetivo principal é revitalizar a memória histórica do rio Tamanduateí, promovendo o desenvolvimento sustentável e a integração entre essas áreas urbanas. Além disso, em sua pós-graduação, Ana Clara está elaborando um artigo sobre soluções de gestão e projeto em áreas de mananciais, com foco em uma intervenção na divisa entre São Paulo e Diadema. Seu caminho na arquitetura começou como estagiária voluntária na CET – Companhia de Engenharia de Tráfego, onde trabalhou na elaboração de estudos para implantação de ciclofaixas. Atualmente, Ana Clara estagia na Secretaria de Habitação do Município de São Paulo, representando as obras contratadas para o Lote 5 do programa Mananciais. Com suas experiências acumuladas ao longo dos anos, aos calouros da FAAP, ela enfatiza a importância de aproveitar ao máximo o curso e os professores, encorajando os estudantes a terem coragem e a não se envergonharem de expressar seus pensamentos. Para Ana, uma lição fundamental é a coragem de se expressar e a determinação em buscar o desenvolvimento pessoal. Ela destaca que, para ela, a satisfação na profissão vem das inúmeras vezes em que consegue concluir um projeto. Ver o produto final, o projeto ganhando vida durante a construção, é extremamente gratificante. “Eu aprendi com um dos meus professores que a gente precisa ter coragem, não ter vergonha de expor os nossos pensamentos, de se questionar, principalmente. Estamos aqui para aprender. Coragem de se expressar e correr atrás do que a gente quer desenvolver e das soluções que queremos trazer.” disse Ana Clara, durante o podcast. O prazer de propor ideias, desenhar e fazer parte do processo de execução é o que motiva Ana Clara em sua carreira. Ela enfatiza a importância de debater ideias e correr atrás da concretização dos projetos, encontrando realização profissional em cada etapa do processo. Com sua dedicação e compromisso, Ana Clara está contribuindo para o desenvolvimento sustentável e a melhoria da qualidade de vida nas cidades. Clique aqui para assistir ao episódio


Design

Da FAAP para o mundo: Bianca Cutait fala sobre sua trajetória como marchand em Nova York

A ex-aluna Bianca Cutait voltou ao campus da FAAP nesta terça-feira, 06, para falar sobre a carreira de sucesso que vem construindo como marchand no disputado mercado de artes em Nova York. Ela participou de uma live conduzida pelo professor Rubens Fernandes Junior. Desde que saiu da FAAP, Bianca se especializou no mercado de artes, galerias e grandes exposições. Ela tem o orgulho de dizer que é a primeira (e única!) executiva latina da casa de leilões Bonhams, uma das maiores e mais renomadas do mundo. De passagem no Brasil para captar obras para consignar para os Estados Unidos, Europa e outros lugares, a executiva acredita que os olhos estão voltados para o mercado de arte brasileiro. Bianca contou que já ocupou cargos em diversas posições na indústria da arte no Brasil, Estados Unidos e Suíça. De perfil “mão na massa”, ela chegou a varrer o chão e pintar paredes de galerias, até alcançar a importante posição que ocupa hoje. A paulistana também já escreveu sobre o mercado de arte para publicações de grande porte, como Robb Report Brasil, Forbes e Vogue. “A educação formal universitária é extremamente importante para os passos que você vai dar na frente”, disse Bianca. Ela contou que a FAAP foi um dos principais pilares de sua carreira. Ela ingressou como aluna de Administração, mas no meio do curso decidiu fazer uma transferência interna para Relações Públicas, área na qual se formou. Bianca hoje trabalha na Bonhams como especialista em arte do pós-guerra e contemporânea. E, além disso, também fundou uma consultoria de arte internacional com uma galeria em Miami, exibindo tanto artistas americanos quanto latino-americanos. Ela também é proprietária em um negócio de produtos de canabidiol nos Estados Unidos e especialista em NFTs. Durante a entrevista, Bianca revelou que é fluente em português, inglês, espanhol, italiano e estudante de francês. Diz que é curiosa e nerd, e aprendeu línguas para poder ler histórias e textos nas suas línguas nativas, não só as peças traduzidas. Assista aqui a entrevista na íntegra. A entrevista foi conduzida pelo professor Rubens Fernandes Junior, que além de uma belíssima carreira de mais de quatro décadas na FAAP é um importante pesquisador, colecionador e crítico de fotografia, ex-curador de fotos da Pinacoteca e do MASP e organizador de diversos livros e exposições sobre o

Fique por dentro de tudo o que acontece na FAAP

Newsletter